Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Educando na Fé 10/06/2011  14h49

Tudo muito rápido

Motivo de grande preocupação no mundo têm sido as bactérias que se tornam cada vez mais resistentes aos antibióticos. Um exemplo é a letal Escherichia coli (E. coli) Entero-hemorrágica (EHEC) que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), pode ser transmitida de pessoa para pessoa, por intermédio dos sedimentos ou por via oral. O surto dos últimos dias, originado na Alemanha, até o fechamento desta edição, já havia deixado 22 mortos e aproximadamente 2.000 contaminados na Europa e nos Estados Unidos.

As providências de proteção das massas precisam verdadeiramente ser ágeis, sensatas e certeiras. Hoje, é tudo muito rápido. Recordo-me do que publiquei em “Apocalipse sem medo” (2000), no qual comento, entre outros pontos, situações como a que vivenciamos:

Numa época em que, pelo avanço da tecnologia, as expectativas de produção ficam ultrapassadas, a penúria é realmente um escárnio.

Anacronicamente, nunca o mundo conheceu por um lado tanta fartura e por outro tamanha privação. E isso poderá arrastar o planeta a nova série de guerras e epidemias impensadas. Os ônibus, os caminhões, os navios, os aviões, estão aí para espalhá-las.

Plano Brasil sem Miséria

Integrantes da LBV compareceram, na quinta-feira, 2/6, ao lançamento do Plano Brasil sem Miséria, no Palácio do Planalto, quando puderam cumprimentar a presidenta Dilma Rousseff e a ministra Tereza Campello.

Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), o programa objetiva retirar 16 milhões de brasileiros da situação de pobreza extrema, cuja renda familiar, dividida entre seus membros, não ultrapassa os R$ 70 mensais por pessoa.

Que a iniciativa alcance o sucesso almejado. Afinal, nosso povo merece um amanhã mais feliz.

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.brwww.boavontade.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios