Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em menos de um ano, a equipe principal do Londrina Esporte Clube está em outra decisão de título. Campeão da Copa da Primeira Liga em outubro passado, o Tubarão bateu o Paraná Clube na tarde deste domingo (25), na Vila Capanema, em Curitiba, e está na final da Taça Caio Júnior.

Classificação que veio nos pênaltis, assim como naquela conquista. Desta vez, o goleiro Alan foi o grande protagonista do time londrinense. Depois de um empate em 1 a 1 no tempo normal, o arqueiro defendeu duas cobranças e ajudou o LEC a garantir os 4 a 2 nas penalidades. O sonho do Tubarão pelo pentacampeonato estadual segue vivo!

Os gols e o jogo no tempo normal

Em alta velocidade, o Londrina saiu na frente com o atacante Wesley, aos 31 minutos do primeiro tempo. Romisson fez o lançamento a Marcelinho na direita. O Camisa 7 foi em direção ao fundo e cruzou na medida para Wesley completar de cabeça na pequena área – quinto gol dele no campeonato, artilheiro do time ao lado de Carlos Henrique.

Aos 35 minutos, o Paraná Clube teve um pênalti a seu favor quando o árbitro Edivaldo Elias da Silva apontou toque de mão no lance em que o zagueiro Lucas Costa interceptou de carrinho o cruzamento de Baez, do Paraná. Só que na cobrança, o paranista Diego mandou por cima do gol. Alan voltou a ter o mesmo rival à sua frente aos 44 minutos, mas defendeu o chute que partiu da grande área.

Já no segundo tempo, aos 33 minutos, o Tubarão por pouco não liquidou o jogo já no tempo normal após um rápido contra-ataque que começou com Carlos Henrique, ainda no campo de defesa. O atacante tabelou com Anderson Leite, mas a finalização saiu para fora. O empate dos curitibanos veio quatro minutos depois, quando Diego bateu cruzado e Vitor Feijão aproveitou a bola rasteira para se esticar  e empatar.

Pênaltis

Com gol, o zagueiro londrinense Lucas Costa foi quem abriu a série de cobranças. Alemão empatou para o Paraná Clube em seguida. Lorenzi voltou a colocar o Londrina em vantagem e Alan se encarregou de mantê-la ao pegar o chute de Matheus Pereira.

O lateral-esquerdo alviceleste Roberto bateu e marcou na terceira série. Zezinho fez e manteve o PRC na disputa. Anderson Leite foi mais um a garantir os 100% de aproveitamento do Tubarão nas penalidades. Aí Alan mais uma vez entrou em ação e pegou a tentativa de Diego, do Paraná Clube. Final: LEC 4x2.

LEC

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.