Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Palmeiras visitou o Vitória no Barradão, em Salvador, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, e, mesmo correndo durante todos os 90 minutos, não conseguiu evitar o revés fora de casa.

Com Borja e Mina convocados pela Seleção Colombiana, o técnico Alberto Valentim voltou a escalar Juninho na zaga, ao lado de Edu Dracena. A grande novidade no ataque foi a presença de Erik, que se juntou a Dudu e Keno – a outra opção além de Borja era Deyverson, que cumpre suspensão nesta rodada por ter recebido cartão vermelho no último duelo do Palmeiras pelo Brasileirão, contra o Corinthians.

O time da casa começou impondo pressão diante do Palmeiras e conseguiu abrir o marcador logo aos cinco minutos de jogo. Após receber de Tréllez dentro da área, o meia Yago chutou forte contra a meta de Fernando Prass, de pé esquerdo, e abriu o placar. (Vitória 1x0 Palmeiras)

A equipe baiana encontrou o seu segundo gol, aos 14 minutos, com Tréllez: a zaga palmeirense não conseguiu parar o atacante do Rubro-negro e, cara a cara com Fernando Prass, sofreu o gol. (Vitória 2x0 Palmeiras)

O Verdão respondeu aos 19 minutos com Dudu. O capitão palmeirense aproveitou bola sobrada na pequena área após drible de Keno em Geferson, para, de cabeça, vazar o adversário fora de casa. (Vitória 2x1 Palmeiras)

O Vitória conseguiu invadir a grande área palmeirense aos 39 minutos e Yago, novamente, balança as redes de Fernando Prass, após dividida com Juninho, saindo da cobertura de Tchê Tchê e fechando o placar do jogo. (Vitória 3x1 Palmeiras)

Apesar da derrota, o Verdão continua como o quarto colocado do Campeonato Brasileiro, com 54 pontos – três a mais do que o Botafogo, quinto colocado.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios