Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento também traz novidades para os atletas e nos locais de competição

Aperfeiçoamento da logística esportiva e ampliação do Programa Transforma, que leva a temática olímpica ao ambiente escolar. Essas são algumas novidades da edição 2019 dos Jogos Escolares da Juventude, maior competição estudantil do país, que tem início na próxima segunda-feira, dia 2 de setembro, em Cascavel (PR).

Organizado há 15 anos pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), os Jogos Escolares reúnem mais de 6.000 atletas e, desde o ano passado, têm um novo formato, com três etapas regionais e uma nacional. Durante cinco dias, a cidade paranaense receberá alunos de escolas públicas e privadas das regiões Sul e Sudeste do país, além dos estados de Goiás e Mato Grosso do Sul, para disputas em quatro esportes: basquete, futsal, handebol e vôlei. Nas semanas seguintes, será a vez de Palmas (TO), com representantes da Região Norte, do Mato Grosso e do Distrito Federal; e de Natal (RN), com as equipes do Nordeste.

"As etapas regionais são eventos dinâmicos, com cinco dias de competições, que classificam duas equipes de cada torneio para a etapa nacional", explica André Mattos, coordenador-geral dos Jogos Escolares, revelando parte das inovações para esse ano. "Os atletas terão suas próprias credenciais, em vez de usarem seus documentos, facilitando sua identificação. Outra novidade, já testada na edição nacional de 2018, será a adoção de placares eletrônicos. Tínhamos 16 placares manuais, que precisávamos carregar aos locais de competição, e isso exigia custos de transporte. Com a criação desse sistema interno, utilizaremos softwares e televisores nos ginásios, modernizando o evento".

Com um viés educacional, os Jogos Escolares estão cada vez mais próximos de outro programa do COB, o Transforma, que promove os Valores Olímpicos. O projeto possui duas frentes: uma destinada à formação de professores, que devem criar novas maneiras de ensinar e desenvolver as habilidades socioemocionais dos alunos; e outra com atividades educativas a crianças e jovens. Nesta segunda-feira, 26, por exemplo, o Transforma esteve em Blumenau (SC), sede da etapa nacional dos Jogos Escolares, para realizar a Ação de Sensibilização de Professores junto a cerca de 300 docentes. Durante a etapa nacional, estão previstas também ações educativas no Centro de Convivência do evento, com crianças de escolas públicas municipais. Já em Cascavel e em Palmas, durante as etapas regionais, haverá a entrega de diplomas aos professores que passaram por uma capacitação online.

Anualmente, os Jogos Escolares da Juventude reúnem mais de 2 milhões de jovens nas seletivas municipais e estaduais, representando cerca de 40 mil escolas públicas e privadas de quase 4 mil municípios. A fase nacional, organizada pelo COB, reúne anualmente mais de 6.000 alunos-atletas, de 12 a 17 anos, de todo o Brasil, que competem em 14 modalidades, em um clima de interação, respeito e amizade.

Os Jogos Escolares já revelaram vários atletas para o alto rendimento, como a campeã olímpica Sarah Menezes e a campeã mundial Mayra Aguiar, ambas do judô. Além delas, nomes como Hugo Calderano (tênis de mesa), Raulzinho (basquete), Etiene Medeiros (natação), Rosângela Santos (atletismo), que integraram o Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, deram seus primeiros passos no esporte nos Jogos Escolares. Nos Jogos Pan-americanos Lima 2019, 59 atletas da delegação brasileira tiveram passagem pelos Jogos Escolares.

Confira o calendário dos Jogos Escolares da Juventude 2019:

Etapas regionais:

2 a 6 de setembro: Cascavel (PR) – Regional Amarela (Sul/Sudeste/Goiás/Mato Grosso do Sul)

11 a 15 de setembro: Palmas (TO) – Regional Verde (Norte/Distrito Federal/Mato Grosso)

20 a 24 de setembro: Natal (RN) - Regional Azul (Nordeste)

Etapa nacional:

16 a 30 de novembro: Blumenau (SC)

Asimp/Comitê Olímpico do Brasil (COB)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios