Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A paranaense Andréia Tokutake tem dois grandes desafios no fisiculturismo em novembro. A vice-campeã Sul-Americana Wellness 2019 disputará o NPC Master Brasil, em São Paulo, no dia 08, e o Musclecontest Brasília, em Brasília, no dia 28.

Em meio aos treinos, que acontecem seis dias na semana, sendo quatro dias na sua cidade natal, Ponta Grossa (PR), e dois em Curitiba (distante 100 km de Ponta Grossa), Andréia acompanha de perto o projeto Você Pode Mais, idealizado por ela, em 2018, para ajudar pessoas da comunidade a superarem doenças como a depressão e recuperarem a baixa autoestima.

O projeto é voluntário e foi criado como forma da Andréia agradecer a ajuda que recebeu de outras pessoas quando estava em depressão. Ela superou a doença entrando para o fisiculturismo, em 2017, com 40 anos de idade.

Inicialmente os treinos eram para ajudá-la a afastar o pensamento da doença, porém os meses foram passando e Andréia foi convidada a participar do Campeonato Rafael Brandão 2018, em Curitiba, onde ficou com o Top 6. O resultado acabou sendo desafiador para a atleta, que logo compreendeu que era capaz de ir além na busca por medalhas, títulos aliás que ela nunca sonhou em conquistar antes de conhecer o fisiculturismo.

Para Andréia, que entrou para as competições aos 41 anos, a idade não é uma barreira no fisiculturismo. “Quando comecei a treinar eu percebi que a idade é apenas um número, o que precisa é determinação para praticar qualquer esporte na academia ou ao ar livre”, diz. Em Curitiba a vice-campeã Sul-Americana Wellness 2019 está sendo treinada pelo preparador de lutadores de MM, Fabrício Pacholok, e em São Paulo é acompanhada pelo médico dos esportes, Paulo Muzi.

Projeto

Enquanto os campeonatos não chegam, Andréia acompanha os novos participantes da quarta edição do projeto Você Pode Mais. A equipe começou a ser assistida, em setembro, por nutricionista e duas personal trainers que auxiliam o grupo na academia de ginástica. Um psicólogo é acionado quando existe a necessidade.

O projeto não tem custo para os participantes, que são incentivados a se alimentarem de forma saudável e praticarem exercícios físicos. O acompanhamento ocorre por três meses, tempo suficiente para perceberem as primeiras melhorias na saúde física e mental.

Em dezembro, será aberta a quinta edição do Você Pode Mais (@projetovcpodemais). As pessoas são escolhidas para ingressar no projeto conforme suas histórias de vida contadas para a Andréia, via direct no Instagram (@andreiatokutake). Na edição em andamento mais de 300 pessoas se inscreveram e quatro foram selecionadas. O número é restrito devido o projeto ser personalizado.

Sobre Andréia Tokutake

Nascida em Ponta Grossa (Paraná), em 1976, Andréia Tokutake é formada em Administração de Empresas. Casada, mãe de três filhos é atleta amadora. Entrou para o fisiculturismo em 2017 e conquistou o Top 6 no Campeonato Rafael Brandão 2018, em Curitiba/PR, para estreantes, o Top 2 e o Top 3 no Campeonato Rumo ao Sinistro 2019, em São Paulo (SP) e o vice-campeonato Sul-Americano 2019, em Lima (Peru) (Lima-Peru). Andréia Tokutake é idealizadora do projeto Você Pode Mais. Tem 14,18 mil seguidores no Instagram (@andreiatokutake_) e pode ser acompanhada também pelo Facebook (Andreia Tokutake).

Luciana R. Brick/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios