Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A paranaense Andréia Tokutake tem dois grandes desafios no fisiculturismo em novembro. A vice-campeã Sul-Americana Wellness 2019 disputará o NPC Master Brasil, em São Paulo, no dia 08, e o Musclecontest Brasília, em Brasília, no dia 28.

Em meio aos treinos, que acontecem seis dias na semana, sendo quatro dias na sua cidade natal, Ponta Grossa (PR), e dois em Curitiba (distante 100 km de Ponta Grossa), Andréia acompanha de perto o projeto Você Pode Mais, idealizado por ela, em 2018, para ajudar pessoas da comunidade a superarem doenças como a depressão e recuperarem a baixa autoestima.

O projeto é voluntário e foi criado como forma da Andréia agradecer a ajuda que recebeu de outras pessoas quando estava em depressão. Ela superou a doença entrando para o fisiculturismo, em 2017, com 40 anos de idade.

Inicialmente os treinos eram para ajudá-la a afastar o pensamento da doença, porém os meses foram passando e Andréia foi convidada a participar do Campeonato Rafael Brandão 2018, em Curitiba, onde ficou com o Top 6. O resultado acabou sendo desafiador para a atleta, que logo compreendeu que era capaz de ir além na busca por medalhas, títulos aliás que ela nunca sonhou em conquistar antes de conhecer o fisiculturismo.

Para Andréia, que entrou para as competições aos 41 anos, a idade não é uma barreira no fisiculturismo. “Quando comecei a treinar eu percebi que a idade é apenas um número, o que precisa é determinação para praticar qualquer esporte na academia ou ao ar livre”, diz. Em Curitiba a vice-campeã Sul-Americana Wellness 2019 está sendo treinada pelo preparador de lutadores de MM, Fabrício Pacholok, e em São Paulo é acompanhada pelo médico dos esportes, Paulo Muzi.

Projeto

Enquanto os campeonatos não chegam, Andréia acompanha os novos participantes da quarta edição do projeto Você Pode Mais. A equipe começou a ser assistida, em setembro, por nutricionista e duas personal trainers que auxiliam o grupo na academia de ginástica. Um psicólogo é acionado quando existe a necessidade.

O projeto não tem custo para os participantes, que são incentivados a se alimentarem de forma saudável e praticarem exercícios físicos. O acompanhamento ocorre por três meses, tempo suficiente para perceberem as primeiras melhorias na saúde física e mental.

Em dezembro, será aberta a quinta edição do Você Pode Mais (@projetovcpodemais). As pessoas são escolhidas para ingressar no projeto conforme suas histórias de vida contadas para a Andréia, via direct no Instagram (@andreiatokutake). Na edição em andamento mais de 300 pessoas se inscreveram e quatro foram selecionadas. O número é restrito devido o projeto ser personalizado.

Sobre Andréia Tokutake

Nascida em Ponta Grossa (Paraná), em 1976, Andréia Tokutake é formada em Administração de Empresas. Casada, mãe de três filhos é atleta amadora. Entrou para o fisiculturismo em 2017 e conquistou o Top 6 no Campeonato Rafael Brandão 2018, em Curitiba/PR, para estreantes, o Top 2 e o Top 3 no Campeonato Rumo ao Sinistro 2019, em São Paulo (SP) e o vice-campeonato Sul-Americano 2019, em Lima (Peru) (Lima-Peru). Andréia Tokutake é idealizadora do projeto Você Pode Mais. Tem 14,18 mil seguidores no Instagram (@andreiatokutake_) e pode ser acompanhada também pelo Facebook (Andreia Tokutake).

Luciana R. Brick/Asimp

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.