Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Gabriela Tardivo faturou a medalha de bronze na competição disputada no último final de semana, no Equador

Gabriela de Freitas Tardivo conquistou no último final de semana a medalha de bronze no Campeonato Sul-Americano de Cross Country, disputado em Guayaquil, no Equador. A jovem promessa da equipe Londrina/IPEC fechou a prova dos 4 Km da categoria Sub-18 com o tempo de 15min52seg.

A exemplo do que já havia feito na vitória na Copa Brasil, no início deste mês, Gabriela precisou mostrar força e resistência para superar adversárias mais experientes na categoria em que competiu, a sub-18.

“Essa conquista tem um sabor especial. Foi uma prova bastante dura, mas conseguimos superar e alcançar uma medalha. Estou muito feliz”, falou a atleta.

Essa foi a terceira medalha da atleta em competições internacionais. No final do ano passado, Gabriela, de apenas 14 anos, já havia trazido na bagagem outros dois bronzes no Sul-Americano Escolar, nas provas dos 800 e 2000 metros. “Agora é seguir treinando de olho no restante da temporada”, projetou a atleta, que é natural de Campo Largo e é treinada por Cristiano Ribeiro.

Para o técnico Gilberto Miranda, a conquista em solo equatoriano mostra que Gabriela, recordista brasileira nos 1000 metros com obstáculos na categoria sub-16, pode crescer também no cross country. “Ela mostrou muita força e resistência, e tem crescido muito nessa modalidade. É um nome que pode render bons frutos para o Brasil no futuro”, analisou o treinador da equipe Londrina/IPEC.

Rafael Souza/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.