Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Uma proposta que tramita na Assembleia Legislativa do Paraná pretende isentar a cobrança de taxas de inscrição a pessoas com deficiências em eventos esportivos no estado. A iniciativa é do deputado Subtenente Everton (PSL) com o projeto de lei 387/2021. De acordo com o texto, os eventos deverão dispor de 10% de suas vagas para inscrição gratuita de pessoas com impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial.

Um artigo do projeto cita ainda que “quando se fizer necessária a presença de acompanhante junto ao atleta, este também deverá ser beneficiado com a gratuidade da taxa de inscrição”. O foco está, segundo o parlamentar, na necessidade de inclusão social das pessoas com deficiência, e sua participação efetiva em eventos esportivos. “O esporte é um dos principais instrumentos de socialização, desenvolve valores como respeito, disciplina, amizade e solidariedade”, justifica.

O projeto determina também que os atletas, para serem contemplados com a isenção, deverão comprovar a deficiência por meio de laudo médico que ateste suas limitações e que tenham renda mensal de até três salários-mínimos. Outro ponto abordado é sobre a cobrança de taxas adicionais para o fornecimento de material esportivo. Neste caso, o projeto de lei afirma que tais kits sejam providos gratuitamente.

ALEP

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.