Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Esportes 28/09/2017  10h23

Atletas londrinenses são destaque no Argentina Open de Taekwondo

Da equipe londrinense, sete atletas conseguiram medalhas nessa importante competição que aconteceu de 18 a 20 de agosto

Realizada na capital Buenos Aires em agosto, o Argentina Open de Taekwondo chegou à sua 40ª edição. O tradicional torneio é um evento G1, ou seja, é uma competição que vale 10 pontos no Ranking Mundial  e Olímpico, e foi indicado pela Confederação Brasileira de Taekwondo para o Bolsa Atleta 2018, na categoria Internacional. O Brasil foi muito bem representado, e conquistou o título de campeão geral do evento, na categoria Adulto, tendo também como melhor técnico da competiação Fernando Madureira.

“Foi um torneio difícil para nossos atletas. O nível do Taekwondo da América do Sul subiu muito nos últimos anos e está bem equilibrado. Apesar da dificuldade, nosso resultado foi excelente e saímos mais do que satisfeitos da Argentina”, conta Fernando.

Afastado dos tatames em função do seu cargo de presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), Madureira retornou como técnico na Argentina.
“Mesmo com pouco tempo pra acompanhar os atletas, tento sempre comparecer na academia umas duas vezes na semana pra não ficar tão desatualizado. E na Argentina eu tive que ir como técnico, e poder voltar à rotina de competições foi muito bacana. Poder rever os amigos e estar próximos dos atletas e sempre uma alegria muito grande” destaca Madureira.

Dos 9 atletas da Academia Madureira, 7 trouxeram medalhas da competição. Uma delas foi a atleta Luiza Banks, medalha de ouro na categoria até 67 kg. “O Argentina Open é um torneio muito importante pra nós, pois serve também de treino para outras competições e seletivas que estão por vir. Lá nós conseguimos também analisar o nosso nível em comparação à outras atletas de nome internacional”, conta Luiza. “Ter a volta do Madureira como técnico foi muito importante pra nós. A experiência que ele tem em competições importantes traz uma confiança ainda maior”, explica. Outro atleta campeão na Argentina foi João Pedro Chaves na categoria até 80kg.

“Gostei bastante do meu desempenho, com o ouro somei pontos importantes para o Ranking Mundial. É uma competição muito difícil, o nível dos atletas na américa do sul e central é muito alto, e serve como teste para enfrentar os europeus e asiáticos, que hoje são a grande potência do esporte.”

Medalha de ouro na categoria até 58kg, João Miguel Neto conta que conseguiu colocar todo seu treinamento na competição para conquistar o primeiro lugar.
“Uma competição com esse nível sempre traz grandes aprendizados e eu consegui colocar tudo que treinei na academia em prática na Argentina. E ter o Madureira como treinador ajudou muito. Eu mesmo soube ouvir as orientações dele pra conseguir o meu resultado”, contou João.

Na categoria até 63kg, o atleta Militar Felipe Kenji subiu ao pódio com a medalha de prata. “Com o meu resultado somei 6 pontos no Ranking Mundial. Apesar de ter gostado do resultado, cometi alguns erros que poderiam me ter dado o ouro. Já estou corrigindo esses erros para as próximas competições, principalmente o campeonato mundial militar”, conta.

Maria Isabelly também foi prata. Atleta da categoria até 57kg comemorou sua medalha, já que foi a sua primeira participação em um torneio internacional na categoria adulto.
“Foi uma competição muito importante pra mim, já que foi a primeira que lutei na categoria adulta internacional. Foram lutas bem difíceis, o que me ajudou na preparação para as próximas competições como o Brasil Open e Copa do Brasil”.

Bronze na categoria até 87kg, Pedro Vidotti conta que apesar das dificuldades conseguiu absorver muitas informações do torneio. “É um campeonato de alto nível internacional, e eu tive alguns problemas para chegar no peso da categoria e isso me trouxe um desgaste físico muito grande. Mesmo com o bronze, eu consegui absorver muita informação pensando nas próximas competições”, conclui. 

Henrique Reis

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios