Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Natural do Rio Grande do Norte, o atleta Matheus Adma, campeão brasileiro e mundial de jiu-jitsu (BJJ Pro) 2018 NOGI, se tornou uma referência no esporte. No entanto, devido a uma lesão, o atleta precisou deixar o tatame e passou por um período difícil em sua vida pessoal e desportiva. Agora, em 2019, ele planeja seu retorno triunfal aos palcos e busca mais um título mundial.

Matheus Adma conta detalhes sobre o motivo de ter ficado fora da cena esportiva logo após ter se tornado campeão mundial: “Eu rompi o ligamento na final do mundial, e isso me fez ficar afastado dos treinos de jiu-jitsu. Confesso que foi muito difícil para mim, mas procurei não me deixar abater. Neste período investi toda a minha energia na Oxigênio, que é a minha empresa de produtos desportivos e suplementos alimentares, mas sempre com o objetivo de me recuperar e voltar aos campeonatos”.

O Retorno

De volta a rotina de treinos e superando as dificuldades físicas que surgiram com a lesão, Matheus se diz mais forte e pronto para encarar novos desafios: “o jiu-jitsu na minha vida sempre serviu como uma válvula de escape, para aliviar o estresse e também evitar que eu ficasse deprimido. O esporte sempre me animou e me motivou.  Agora pretendo voltar ao tatame com toda a força em busca de mais um título mundial". O Campeonato Mundial será realizado em Fortaleza, dia 30 de agosto.

Preparação

Matheus revela que tem treinado pesado e com muito foco para estar em sua melhor forma: "treino duas vezes por dia, mesmo com muito trabalho na Oxigênio, porque quero ter um retorno em minha melhor forma. Estou muito animado por isso. Tenho uma rotina intensa de trabalho na minha empresa, mas devido aos treinos estou indo ao meu máximo, dormindo pouco, treinando muito, mas tudo por um objetivo maior”.

Empreendedor

Matheus se dedica além do esporte a administrar a sua empresa. Atualmente a Oxigênio, é uma das principais no ramo de suplementos no Brasil e tem boa aceitação não apenas entre os atletas de jiu-jitsu, mas até mesmo no universo do UFC. Graças a uma parceria com a Cosmed, empresa líder no mercado dos cosméticos e produtos naturais, deve iniciar brevemente suas atividades internacionais: “Tenho o objetivo de ano que vem iniciar as nossas atividades em Bali, na indonésia e possivelmente em Portugal.” Explicou Adma.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios