Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Dezenas de pessoas embarcam numa jornada repleta de atividade física e belas paisagens que termina só no dia seguinte. É o 4º Desafio das Catedrais – caminhada recreativa de 120 km entre a Cidade Canção e Londrina. Com 152 inscritos, número 20% superior ao registrado em 2016, a aventura tem como ponto final a Paróquia Sagrado Coração de Jesus, na região central da cidade pé-vermelho.  A largada será nesta sexta-feira (15), às 19h, na praça da na Catedral Basílica Menor Nossa Senhora da Glória, em Maringá.

Segundo o organizador, Arnaldo Amaral Filho, a quantidade de adesões ao evento é a maior contabilizada desde a primeira edição. No 1º Desafio, em 2014, houve 19 participantes. No ano seguinte, 40 maratonistas se cadastraram e, na terceira edição, 127 atletas toparam a aventura de percorrer a pé o trajeto entre os dois maiores municípios do interior do estado. “Neste ano, ainda tivemos a grata surpresa de receber inscrições de várias pessoas de fora. Tem gente vindo de São Paulo, Araraquara, São Carlos e Matão”, contou.

Ele explicou que, para garantir a segurança dos caminhantes, o uso da camiseta oficial do Desafio será obrigatório. As peças serão distribuídas na largada, a partir das 17h. “Como se trata de um percurso extenso, que passa por rodovias, comunidades, estradas e propriedades rurais, é importante que a equipe de apoio consiga identificar exatamente quem está participando da prova”, frisou.

Além da distribuição do vestuário no ponto inicial do evento, o local de chegada vai contar com entrega de medalhas e atendimento por parte dos estudantes de enfermagem e fisioterapia da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Por meio do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), 24 alunos dos dois cursos vão atuar nos quatro últimos pontos de apoio da caminhada. “Eles vão estar presentes nos 75, 90, 105 e 120 km do Desafio, a postos para auxiliar quem vier a precisar de ajuda, bem como realizar massagens e alongamentos nos atletas”, contou o organizador.

Para oferecer mais opções de hidratação e descanso aos participantes, neste ano foi ampliada a estrutura de suporte ao longo do trajeto. Fora as paradas nos 30, 60 e 90 km, já existentes nas edições anteriores, pontos intermediários foram criados no percurso. Os novos locais de paragem estarão disponíveis nos quilômetros 15, 45, 75 e 105. No total, são sete instalações distribuídas em cidades como Mandaguari, Sabáudia, Arapongas e Rolândia, onde serão ofertados assentos para repouso, água, frutas e refeições.

De acordo com Amaral, a caminhada tem duração prevista de 24horas, mas toda a estrutura do evento estará disponível até as 23h59 de sábado. Como se trata de uma trilha recreativa em que o participante faz o seu próprio ritmo, sem qualquer caráter competitivo, o cruzamento da linha de chegada deve acontecer em horários diferentes de acordo com o perfil de cada um.

“A previsão é que os atletas de ponta, que correm durante todo o percurso, alcancem a Catedral de Londrina entre as 10h e 12h de sábado. No caso pelotão intermediário, que varia entre a corrida e a caminhada, a chegada deve ser entre 12h e 17h. Já os mais tranquilos, que vêm só andando, devem finalizar a prova entre as 17h e a meia-noite”, detalhou o organizador.

O 4º Desafio das Catedrais tem apoio da Prefeitura de Londrina e conta com auxílio institucional da Codel e da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU). Mais informações podem ser obtidas na página do evento no Facebook ou diretamente com idealizador da caminhada, Arnaldo Amaral Filho, pelo telefone (43) 99976-6603.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios