Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Material foi selecionado dentre seis projetos elaborados por estudantes de Design Gráfico da UniFil

Uma parceria entre o Conselho Municipal de Esporte e Lazer de Londrina (CMELL) e o curso de Design Gráfico da UniFil viabilizou a elaboração de uma logomarca inédita para o conselho. A seleção ocorreu por meio de um miniconcurso, que envolveu alunos de graduação. Dentre os seis projetos propostos, foi selecionada a arte desenvolvida pela aluna do 2° ano do curso, Bianca Camargo Vitorino.

Para marcar oficialmente a escolha, a estudante esteve na Fundação de Esportes de Londrina (FEL) na tarde da segunda-feira (26), onde foi recepcionada por membros do conselho, pelo presidente da FEL, Marcelo Oguido, e pela coordenadora do curso de Design Gráfico da Unifil, Cristiana Maria Conte Bouças.

O integrante do CMELL, Alexandre Segantin, explicou que a ideia partiu de outro membro do conselho, o professor Antônio Geraldo. “Ele fez o contato com a professora Cristiana Bouças, que elaborou esse concurso cultural. Foi proposto aos alunos da instituição que elaborassem suas propostas e tivemos uma apresentação dos seis modelos em reunião virtual”, contou.

Em nova ocasião, durante reunião remota, os conselheiros votaram o projeto vencedor. “Todas as propostas eram muito boas. E a aluna Bianca fez uma logomarca muito bonita, bem elaborada, que trouxe um conceito muito bacana e foi escolhida. Consideramos agora a possibilidade de ingressar nas redes sociais para utilizar essa marca oficial do conselho”, comentou.

O conselheiro e representante do Município no CMELL, Sandro Henrique Moreira dos Santos, disse que ter uma marca própria auxilia o conselho a reforçar seu papel na cidade. “O CMELL tem uma importância muito grande, será um grande auxiliar e assistente da Fundação de Esportes ao receber as demandas dos munícipes e associações, elaborando com todos os seus membros formas de melhorar o esporte e lazer na cidade. O CMELL fortalece o setor de eventos e lazer, contribui para a vinda de novos recursos, e ter uma marca como essa nos traz ainda mais força e independência, além de auxiliar com publicidade, fazendo a ponte entre o poder público e a comunidade”, concluiu.

A acadêmica Bianca Camargo Vitorino contou que, no processo de elaboração, a marca foi criada baseada em alguns conceitos, levando em consideração como as pessoas se identificariam. “Ela representa o esporte e lazer, e levei em consideração também o próprio Conselho, sendo independente, e sua liberdade, como forma de trazer o melhor para as pessoas. E a essência, a importância do esporte e do lazer para a cidade e todos”, disse.

Vitorino participa do Escritório Modelo da Unifil, onde são realizados trabalhos voluntários. “Participar desse projeto, proposto pela professora Cristiana, foi uma grande oportunidade de criar uma identidade para o Conselho que ainda não tinha isso visualmente, além de um meio de obter experiência. Fiquei muito feliz em ter sido escolhida, é muito gratificante saber que gostaram da minha proposta”, contou.

O Conselho Municipal de Esporte e Lazer de Londrina foi instituído pela lei municipal n° 12.496/2017.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios