Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Material foi selecionado dentre seis projetos elaborados por estudantes de Design Gráfico da UniFil

Uma parceria entre o Conselho Municipal de Esporte e Lazer de Londrina (CMELL) e o curso de Design Gráfico da UniFil viabilizou a elaboração de uma logomarca inédita para o conselho. A seleção ocorreu por meio de um miniconcurso, que envolveu alunos de graduação. Dentre os seis projetos propostos, foi selecionada a arte desenvolvida pela aluna do 2° ano do curso, Bianca Camargo Vitorino.

Para marcar oficialmente a escolha, a estudante esteve na Fundação de Esportes de Londrina (FEL) na tarde da segunda-feira (26), onde foi recepcionada por membros do conselho, pelo presidente da FEL, Marcelo Oguido, e pela coordenadora do curso de Design Gráfico da Unifil, Cristiana Maria Conte Bouças.

O integrante do CMELL, Alexandre Segantin, explicou que a ideia partiu de outro membro do conselho, o professor Antônio Geraldo. “Ele fez o contato com a professora Cristiana Bouças, que elaborou esse concurso cultural. Foi proposto aos alunos da instituição que elaborassem suas propostas e tivemos uma apresentação dos seis modelos em reunião virtual”, contou.

Em nova ocasião, durante reunião remota, os conselheiros votaram o projeto vencedor. “Todas as propostas eram muito boas. E a aluna Bianca fez uma logomarca muito bonita, bem elaborada, que trouxe um conceito muito bacana e foi escolhida. Consideramos agora a possibilidade de ingressar nas redes sociais para utilizar essa marca oficial do conselho”, comentou.

O conselheiro e representante do Município no CMELL, Sandro Henrique Moreira dos Santos, disse que ter uma marca própria auxilia o conselho a reforçar seu papel na cidade. “O CMELL tem uma importância muito grande, será um grande auxiliar e assistente da Fundação de Esportes ao receber as demandas dos munícipes e associações, elaborando com todos os seus membros formas de melhorar o esporte e lazer na cidade. O CMELL fortalece o setor de eventos e lazer, contribui para a vinda de novos recursos, e ter uma marca como essa nos traz ainda mais força e independência, além de auxiliar com publicidade, fazendo a ponte entre o poder público e a comunidade”, concluiu.

A acadêmica Bianca Camargo Vitorino contou que, no processo de elaboração, a marca foi criada baseada em alguns conceitos, levando em consideração como as pessoas se identificariam. “Ela representa o esporte e lazer, e levei em consideração também o próprio Conselho, sendo independente, e sua liberdade, como forma de trazer o melhor para as pessoas. E a essência, a importância do esporte e do lazer para a cidade e todos”, disse.

Vitorino participa do Escritório Modelo da Unifil, onde são realizados trabalhos voluntários. “Participar desse projeto, proposto pela professora Cristiana, foi uma grande oportunidade de criar uma identidade para o Conselho que ainda não tinha isso visualmente, além de um meio de obter experiência. Fiquei muito feliz em ter sido escolhida, é muito gratificante saber que gostaram da minha proposta”, contou.

O Conselho Municipal de Esporte e Lazer de Londrina foi instituído pela lei municipal n° 12.496/2017.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.