Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Brasileiras jogarão com as sérvias às 5h da madrugada deste sábado, em Hamamatsu, no Japão. SporTV 2 transmitirá ao vivo

A seleção brasileira feminina de vôlei começará na madrugada deste sábado (14.09) a disputa pelo título da Copa do Mundo. O time do treinador José Roberto Guimarães enfrentará a Sérvia, às 5h (horário de Brasília), em Hamamatsu, no Japão. O SporTV 2 transmitirá ao vivo. O Brasil lutará por uma conquista inédita. As brasileiras têm com melhores resultados três medalhas de prata (1995, 2003 e 2007).

Na Copa do Mundo, 12 seleções se enfrentam e a equipe que somar o maior número de pontos se sagrará campeã. A competição conta com a atual campeã mundial (Sérvia), o Japão (país sede) e as duas melhores seleções de cada continente no ranking mundial.

O time verde e amarelo é formado pelas levantadoras Macris e Roberta, as opostas Sheilla e Lorenne, as ponteiras Gabi, Drussyla, Amanda e Gabi Cândido, as centrais Bia, Mara, Carol e Fabiana e as líberos Léia e Camila Brait.

Depois de realizar um período de aclimatação em Tóquio, a seleção feminina chegou nesta quinta-feira (12.09) em Hamamatsu e já realizou o primeiro treinamento no local. A ponteira Gabi comentou sobre a expectativa para a estreia na Copa do Mundo e analisou o primeiro adversário das brasileiras.

“Já estamos em Hamamatsu e teremos como primeiro adversário a Sérvia que é uma das grandes referências no cenário atual do voleibol. Estamos nos preparando bastante com foco no nosso saque que será muito importante para ajudar o nosso sistema defensivo. Será uma primeira partida difícil e vamos com tudo para começarmos nossa participação com uma vitória”, disse Gabi.

O treinador José Roberto Guimarães falou do momento atual do time verde e amarelo e ressaltou a fase positiva do primeiro adversário das brasileiras na Copa do Mundo.

“A Sérvia recentemente participou do Campeonato Europeu e ficou com o título. É hoje um dos melhores times do mundo. Para nós é importante jogarmos contra elas nesse momento para vermos em qual estágio estamos. Nossa equipe busca uma melhor relação entre o bloqueio e a defesa, além do ajuste no nosso contra-ataque com mais velocidade”, afirmou José Roberto Guimarães, que ainda destacou a importância da competição.

“A Copa do Mundo vale pontos para o ranking mundial. Essa pontuação vai influenciar na distribuição das chaves para os Jogos Olímpicos”, explicou José Roberto Guimarães.

Uma das novidades na seleção feminina para a disputa da Copa do Mundo, a líbero Camila Brait vive a expectativa de disputar sua primeira competição oficial pelo time verde e amarelo desde o Grand Prix de 2016.

“Estou muito feliz de estar de volta. Fazia muito tempo que não representava a seleção. Tinha o sonho de ser mãe e consegui realizá-lo. Depois disso, um dos objetivos que tenho na minha vida é disputar os Jogos Olímpicos. Esse ano voltei para a seleção e fui muito bem recebida pelas jogadoras e a comissão técnica. Quero ajudar o Brasil da melhor forma possível nessa Copa do Mundo”, finalizou Camila Brait.

Tabelas:

Feminino

Hamamatsu (Japão)

14.09 (SÁBADO) – Brasil x Sérvia, às 5h (Horário de Brasília)

15.09 (DOMINGO) – Brasil x Argentina, às 5h (Horário de Brasília)

16.09 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil x Holanda, às 5h (Horário de Brasília)

18.09 (QUARTA-FEIRA) – Brasil x Quênia, às 6h (Horário de Brasília)

19.09 (QUINTA-FEIRA) – Brasil x Estados Unidos, às 6h (Horário de  Brasília)

Sapporo (Japão)

22.09 (DOMINGO) – Brasil x China, às 3h (Horário de Brasília)

23.09 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil x República Dominicana, às 0h30 (Horário de Brasília)

24.09 (TERÇA-FEIRA) – Brasil x Japão, às 7h20 (Horário de Brasília)

Osaka (Japão)

27.09 (SEXTA-FEIRA) – Brasil x Camarões, às 2h (Horário de Brasília)

27.09 (SEXTA-FEIRA) – Brasil x Coréia do Sul, às 23h (Horário de Brasília)

29.09 (DOMINGO) – Brasil x Rússia, às 2h (Horário de Brasília)

Banco do Brasil é o patrocinador oficial do vôlei brasileiro

Asimp/CBV

Camila Brait está de volta à seleção feminina (Divulgação/CBV)

Seleção feminina na Estação de Tóquio (Divulgação/CBV)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.