Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O handebol é um dos esportes mais praticados em solo paranaense, tanto que o Estado é considerado um celeiro de atletas, revelando anualmente talentos que compõem seleções nacionais e grandes clubes no Brasil e no exterior. A exemplo do armador central Edinaldo Rodrigues da Silva (39), que hoje é professor de Educação Física em sua cidade natal Goioerê, na região Noroeste do Paraná.

Revelado aos 12 anos pelo professor Erivalto Oliveira (Negão), Edinaldo atuou pela Unifil/Londrina e defendeu a Seleção Brasileira, atualmente veste a camisa de alguns clubes amadores em competições estaduais e é treinador de handebol das categorias de base no município goioerense. E deste trabalho já vem colhendo frutos.

Há dois anos participa com as equipes sub-10 e sub-12 do Festival Paranaense de Handebol, tendo em 2017 conquistado dobradinha  no pódio com a medalha de bronze. Nesta temporada, a equipe sub-10 conseguiu sua melhor colocação na competição, ficando em 2º lugar entre 10 times que competiram na categoria mini, enquanto o selecionado mirim terminou na 8ª colocação.  “Evoluímos muito na competição, mais ainda preciso trabalhar mais para melhorar meus atletas. Estamos no caminho certo, com uma boa estrutura, vamos continuar treinando com foco no mesmo objetivo, visando alcançar a tão sonhada medalha de ouro”, declarou Edinaldo.

O técnico afirma que sem o apoio dos pais das crianças e do Poder Público Municipal não seria possível alcançar resultados tão expressivos em uma competição estadual. “Agradeço ao professor Ederson Estefeneti que me auxilia com a equipe mirim nos treinamentos e nas competições, aos pais, ao prefeito Pedro Coelho e ao secretário de Esportes Valter Oliveira pela confiança e força que temos recebido para que as crianças possam participar de competições fora da cidade, isso contribui muito para o aprendizado e a vivência delas com o esporte”, ressaltou.

Como formador de atletas, Edinaldo diz que seu maior objetivo é despertar nas crianças o interesse pela atividade física e o gosto pelo esporte, para que sejam cidadãos de bem e não se desviem para caminhos errados.

Jaqueline Galvão/Asimp

Professor Edinaldo orientando os atletas sub-10 durante o Festival Paranaense de Handebol - Foto: Jaqueline Galvão/LHPR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios