Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Quase 100 projetos foram inscritos e concorrem ao auxílio financeiro do fundo de incentivo ao esporte

A Fundação de Esportes de Londrina (FEL) analisará os projetos que concorrem ao auxílio financeiro do Fundo Especial de Incentivo aos Projetos Esportivos de 2021 (FEIPE). O prazo final para o protocolo das iniciativas encerrou nesta quarta-feira (24), às 17 horas. Agora, a comissão de seleção e julgamento, constituída pela portaria municipal 57/2020, verificará a documentação completa e classificará os projetos conforme os critérios contidos no edital de chamamento do FEIPE (clique aqui para acessar).

Além da análise da comissão julgadora, a lista dos classificados passará pelos membros do Conselho Administrativo da FEL (CAFEL), que é o órgão superior de gerenciamento do esporte. Eles analisarão o parecer técnico dado pela comissão e vão eleger os projetos vencedores. Após a publicação da homologação, as entidades têm o prazo de 15 dias para cumprir a segunda fase do edital. Estando tudo correto, as instituições receberão o contrato de parceria, que deverá ser assinado por elas e encaminhado à FEL e ao prefeito Marcelo Belinati.

De acordo com o Diretor Presidente da FEL, Marcelo Gonçalves Oguido,  99 projetos foram inscritos neste ano, nas diversas áreas disponibilizadas no edital. “Tivemos um número grande de inscritos neste ano. Essa participação intensa é importante, porque ela ajuda os representantes e os técnicos das entidades e das modalidades a se prepararem. Quando existe concorrência em todas as áreas, isso aumenta o nível de capacidade e o profissionalismo disponibilizados para a comunidade”, destacou Oguido.

Entre os 99 inscritos, 31 iniciativas estão incluídas no Programa Adulto, 27 são para a área da Juventude, 16 para as Pessoas com Deficiência, três para o Programa de Ligas e 22 para as Modalidades Alternativas. As propostas contemplam a realização de programas para adultos em diversas modalidades, como vôlei feminino e masculino, jiu-jitsu e basquete masculino.  Os projetos voltados para a juventude incluem iniciativas referentes ao vôlei feminino e masculino, handebol masculino e basquete masculino.

Para o programa de ligas, foi inscrito um projeto na área do futebol. Já os programas destinados às pessoas com deficiência receberam uma proposta voltada à natação. Porém, outras modalidades deram desertas como o boxe, futebol feminino e futsal masculino para adultos; e o futebol feminino, rugby feminino e futsal masculino para a juventude.

Ao todo, a Prefeitura de Londrina espera investir R$ 5.522.000,00 no FEIPE. Desse valor, R$ 2.306.500,00 serão destinados aos programas esportivos para adultos e R$ 3.215.500,00 para aqueles destinados aos jovens e pessoas com deficiências, assim como as ligas e modalidades alternativas.

A lista com os projetos aprovados para o financiamento será publicada no site da Fundação de Esportes e no Jornal Oficial do Município de Londrina. Diante do resultado provisório, poderão ser interpostos recursos, dentro do prazo de cinco dias contados da publicação do edital.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios