Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Quase 100 projetos foram inscritos e concorrem ao auxílio financeiro do fundo de incentivo ao esporte

A Fundação de Esportes de Londrina (FEL) analisará os projetos que concorrem ao auxílio financeiro do Fundo Especial de Incentivo aos Projetos Esportivos de 2021 (FEIPE). O prazo final para o protocolo das iniciativas encerrou nesta quarta-feira (24), às 17 horas. Agora, a comissão de seleção e julgamento, constituída pela portaria municipal 57/2020, verificará a documentação completa e classificará os projetos conforme os critérios contidos no edital de chamamento do FEIPE (clique aqui para acessar).

Além da análise da comissão julgadora, a lista dos classificados passará pelos membros do Conselho Administrativo da FEL (CAFEL), que é o órgão superior de gerenciamento do esporte. Eles analisarão o parecer técnico dado pela comissão e vão eleger os projetos vencedores. Após a publicação da homologação, as entidades têm o prazo de 15 dias para cumprir a segunda fase do edital. Estando tudo correto, as instituições receberão o contrato de parceria, que deverá ser assinado por elas e encaminhado à FEL e ao prefeito Marcelo Belinati.

De acordo com o Diretor Presidente da FEL, Marcelo Gonçalves Oguido,  99 projetos foram inscritos neste ano, nas diversas áreas disponibilizadas no edital. “Tivemos um número grande de inscritos neste ano. Essa participação intensa é importante, porque ela ajuda os representantes e os técnicos das entidades e das modalidades a se prepararem. Quando existe concorrência em todas as áreas, isso aumenta o nível de capacidade e o profissionalismo disponibilizados para a comunidade”, destacou Oguido.

Entre os 99 inscritos, 31 iniciativas estão incluídas no Programa Adulto, 27 são para a área da Juventude, 16 para as Pessoas com Deficiência, três para o Programa de Ligas e 22 para as Modalidades Alternativas. As propostas contemplam a realização de programas para adultos em diversas modalidades, como vôlei feminino e masculino, jiu-jitsu e basquete masculino.  Os projetos voltados para a juventude incluem iniciativas referentes ao vôlei feminino e masculino, handebol masculino e basquete masculino.

Para o programa de ligas, foi inscrito um projeto na área do futebol. Já os programas destinados às pessoas com deficiência receberam uma proposta voltada à natação. Porém, outras modalidades deram desertas como o boxe, futebol feminino e futsal masculino para adultos; e o futebol feminino, rugby feminino e futsal masculino para a juventude.

Ao todo, a Prefeitura de Londrina espera investir R$ 5.522.000,00 no FEIPE. Desse valor, R$ 2.306.500,00 serão destinados aos programas esportivos para adultos e R$ 3.215.500,00 para aqueles destinados aos jovens e pessoas com deficiências, assim como as ligas e modalidades alternativas.

A lista com os projetos aprovados para o financiamento será publicada no site da Fundação de Esportes e no Jornal Oficial do Município de Londrina. Diante do resultado provisório, poderão ser interpostos recursos, dentro do prazo de cinco dias contados da publicação do edital.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.