Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Atividade tem como objetivo desenvolver o interesse dos alunos de escolas municipais pelo jogo e possibilitar a interação entre eles

A Escola Municipal Zumbi dos Palmares sedia amanhã (23) o 5º Festival de Xadrez das Escolas Municipais. O torneio vai reunir mais de 700 estudantes dos terceiros, quartos e quintos anos de 30 unidades escolares do Município. As partidas acontecem no período da manhã, das 8h45 às 11h, e à tarde, das 14h15 às 16h30. Ao final dos duelos, todos recebem uma medalha, simbolizando a participação no evento. O endereço é rodovia João Alves da Rocha Loures, 3.655, Jardim Cristal.

O Festival é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação (SME) e tem por objetivo promover a prática de jogos tradicionais junto às escolas.  O xadrez integra o conteúdo ministrado na disciplina de Educação Física e desenvolve habilidades motoras e cognitivas como memória, concentração e planejamento. Além disso, a prática é considerada um excelente suporte pedagógico visto que se relaciona com matemática, artes, história, geografia, entre outros conteúdos.

Segundo a profissional de apoio pedagógico da SME, Priscila Oliveira, a atividade lúdica faz parte do conteúdo pedagógico proposto pela Secretaria. “O xadrez sempre esteve no currículo assim como outros jogos populares. Ele integra a proposta pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, desenvolve a cognição, o raciocínio, tomada de decisões e favorece o aprendizado nas outras disciplinas. É um jogo de estratégia e exige que os participantes pensem bastante”, explicou.

Esta é a quinta vez que a SME promove o Festival. No ano passado, a Escola Municipal Moacyr Teixeira sediou o torneio, recebendo em torno de 550 alunos da rede municipal. O número de participantes aumenta progressivamente e cada vez as escolas e os alunos têm mais interesse em participar da iniciativa.

De acordo com Priscila, o evento incentiva a prática do jogo e oportuniza o relacionamento com colegas de outras instituições. “Nossa proposta é que o Festival desperte nos alunos o interesse pela prática do xadrez e promova momentos de lazer e atividades fora da escola. É uma chance de interagir com estudantes dos colégios de outras regiões e fazer amizades”, acrescentou.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios