Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A londrinense Julia Kurunczivai representar o Brasil no Pan-Americano Juvenil de Ginástica Rítmica, de 22 a 28 de junho, na Guatemala. A competição na América Central será classificatória para os Jogos Pan-Americanos Júnior, em novembro, em Cali, na Colômbia.Para se preparar para os desafios de 2021, a atleta teve ajuda internacional da treinadora búlgara RenyKarachomakova, em estágio organizado pela Federação Paranaense de Ginástica (FPRG).

Foram 14 dias de treinos intensos com outras 11 ginastas e 8 treinadores paranaenses, convocados devido aos resultados obtidos em 2019 em Campeonatos Internacionais, Brasileiros e Estaduais. “A Bulgária é referência mundial na ginástica rítmica e a treinadoraministra cursos por inúmeros países”, contou Márcia Aversani, presidente da FPRG.

Os treinamentos foram na Sede da Secretaria de Esporte e Turismo, em Curitiba, seguindo todos os protocolos de segurança do Ministério da Saúde. “Pude aprimorar e melhorar minhas séries e a Reny trouxe a cultura da ginástica para nós, o que é muito importante”, explicou Julia,que tem como treinadora a ex-ginasta olímpica Dayane Camillo.

Com apenas 15 anos, a ginasta da ADR Unopar já coleciona títulos representando o Brasil: participou do Primeiro Campeonato Mundial Juvenil da história, foi terceiro lugar no individual geral no Campeonato Sul-Americano, além de ter sido campeã por equipes ecampeã sul-americana no aparelho corda.

Para a treinadora londrinense Dayane Camillo “a oportunidade de trabalhar lado a lado com uma treinadora búlgara é excelente, pois podemos aprimorar os detalhes que farão a diferença na competição.”

Paraná bem representado

Das 14 convocações para a Seleção Brasileira Juvenil, nove são de clubes paranaenses, três no individual e cinco no conjunto, comandado pela treinadora também da ADR Unopar, Juliana Coradine que dirige a equipe em Aracaju, onde está a sede da Confederação Brasileira de Ginástica.

Os Estágios de Treinamentos da Federação Paranaense de Ginástica têm apoio do Governo do Estado do Paraná por meio do Proesporte e patrocínio da Copel. Além disso, a equipe mantida pela Universidade Pitágoras Unoparrecebe patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (FEIPE) da Fundação de Esportes de Londrina.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios