Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A londrinense Julia Kurunczivai representar o Brasil no Pan-Americano Juvenil de Ginástica Rítmica, de 22 a 28 de junho, na Guatemala. A competição na América Central será classificatória para os Jogos Pan-Americanos Júnior, em novembro, em Cali, na Colômbia.Para se preparar para os desafios de 2021, a atleta teve ajuda internacional da treinadora búlgara RenyKarachomakova, em estágio organizado pela Federação Paranaense de Ginástica (FPRG).

Foram 14 dias de treinos intensos com outras 11 ginastas e 8 treinadores paranaenses, convocados devido aos resultados obtidos em 2019 em Campeonatos Internacionais, Brasileiros e Estaduais. “A Bulgária é referência mundial na ginástica rítmica e a treinadoraministra cursos por inúmeros países”, contou Márcia Aversani, presidente da FPRG.

Os treinamentos foram na Sede da Secretaria de Esporte e Turismo, em Curitiba, seguindo todos os protocolos de segurança do Ministério da Saúde. “Pude aprimorar e melhorar minhas séries e a Reny trouxe a cultura da ginástica para nós, o que é muito importante”, explicou Julia,que tem como treinadora a ex-ginasta olímpica Dayane Camillo.

Com apenas 15 anos, a ginasta da ADR Unopar já coleciona títulos representando o Brasil: participou do Primeiro Campeonato Mundial Juvenil da história, foi terceiro lugar no individual geral no Campeonato Sul-Americano, além de ter sido campeã por equipes ecampeã sul-americana no aparelho corda.

Para a treinadora londrinense Dayane Camillo “a oportunidade de trabalhar lado a lado com uma treinadora búlgara é excelente, pois podemos aprimorar os detalhes que farão a diferença na competição.”

Paraná bem representado

Das 14 convocações para a Seleção Brasileira Juvenil, nove são de clubes paranaenses, três no individual e cinco no conjunto, comandado pela treinadora também da ADR Unopar, Juliana Coradine que dirige a equipe em Aracaju, onde está a sede da Confederação Brasileira de Ginástica.

Os Estágios de Treinamentos da Federação Paranaense de Ginástica têm apoio do Governo do Estado do Paraná por meio do Proesporte e patrocínio da Copel. Além disso, a equipe mantida pela Universidade Pitágoras Unoparrecebe patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (FEIPE) da Fundação de Esportes de Londrina.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.