Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior recebeu na quarta-feira (13), no Palácio Iguaçu, o campeão mundial de futebol Pelé. No evento, que contou com a presença de estudantes, atletas e ex-atletas, foram lançados a campanha Imposto Amigo do Esporte, do Governo do Estado, e o programa Esportivo Lúdico Educacional, de iniciativa de Pelé.

A campanha incentiva cidadãos e empresas paranaenses a apoiarem projetos esportivos desenvolvidos no Estado por meio da destinação de impostos. O governador afirmou que o Governo do Estado vai aliar o esporte à educação, com foco no apoio a projetos de contraturno. “O grande objetivo é incentivar o contraturno escolar, fazer com que os nossos jovens possam praticar esporte e ter uma vida saudável, longe das drogas, que estejam próximos da escola e de práticas que fazem bem para sua vida”, disse.

Ratinho Junior também destacou a importância do Rei Pelé na história do esporte mundial. Ele disse que o documentário sobre o jogador, Pelé Eterno, será exibido em todas as escolas paranaenses. “O Pelé divulgou positivamente o Brasil para todo o planeta. As pessoas às vezes não sabem onde fica o Brasil, mas sabem que o Pelé é brasileiro”, afirmou.

O ex-jogador lembrou que a ideia de criar um programa que incentivasse a prática esportiva veio quando ainda jogava. Ao sair de um treino do Santos, na Vila Belmiro, ele viu algumas crianças tentando roubar um carro. “Quando fiz o milésimo gol, em um jogo no Maracanã, a primeira coisa que me veio na cabeça foi aquela garotada roubando. Por isso que hoje temos o programa para proteger as crianças e tirá-las da marginalidade”, contou. “É uma luta grande, mas vamos vencer se Deus quiser”, disse.

Incentivo

A campanha Imposto Amigo do Esporte visa estimular a destinação a projetos esportivos de parte do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) – por meio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo ao Esporte (Proesporte) – e de parte do Imposto de Renda (IR), por intermédio da Lei de Incentivo ao Esporte Federal, do governo federal. A expectativa do governo é arrecadar R$ 8 milhões pelo Proesporte.

Se a opção for destinar o ICMS via lei estadual, o aporte pode ser de até 3% do imposto devido. No caso do IR, a pessoa física que entrega a declaração pelo modo completo pode destinar até 6% do imposto a projetos do desporto e paradesporto. Já a pessoa jurídica, pelo lucro real, pode destinar até 1%.

A destinação da pessoa física é realizada até dezembro e a de pessoa jurídica a cada apuração, geralmente a cada trimestre. O valor destinado pode ser abatido do valor devido ou somado à restituição.

O superintendente do Esporte Paraná, Hélio Wirbiski, explicou que além dos projetos educacionais, o Imposto Amigo também visa propostas voltadas ao estímulo e desenvolvimento do esporte e o fomento de pesquisas na área. “Todos que têm um projeto esportivo compatível, pode procurar a Esporte Paraná e se inscrever na Lei de Incentivo. Uma comissão escolhe os melhores projetos que podem receber o investimento”, explicou.

As informações sobre o Próesporte estão disponíveis AQUI

Educacional

O programa Esportivo Lúdico Educacional foi elaborado com supervisão de Pelé e busca a inclusão social, promoção do rendimento escolar e a universalização e o desenvolvimento da prática esportiva no Brasil. No Paraná, o programa será implantado, inicialmente, em escolas de Foz do Iguaçu, no Oeste. Mantido por doações captadas pela Lei de Incentivo ao Esporte, o programa tem como base a prática de esportes em contraturno escolar e trata de outros temas transversais e interdisciplinares.

Presenças

Participaram da solenidade o vice-governador, Darci Piana; os secretários de Estado da Educação e Esporte, Renato Feder; e da Comunicação Social e Cultura, Hudson José.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.