Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Edição realizada ontem (31/11) contou com mais de 500 alunos de 31 escolas e 14 cidades. Oportunidade para muitos de conhecer uma pista oficial

Foi mais uma tarde daquelas inesquecíveis para o atletismo de Londrina. A quarta edição do GP Caixa de Atletismo Escolar levou pouco mais de 500 crianças e adolescentes à pista da UEL ontem. Nem o temporal que se armou pouco antes do início das atividades foi capaz de diminuir a motivação dos alunos. Logo que o forte vento e a chuva fina foram embora, eles “invadiram” a pista para viver momentos inesquecíveis aos olhos de muitos que ali estavam.

Como a Ana Karolyne de Caldas Gomes, que viajou quase 200 quilômetros de Pinhalão a Londrina para pisar pela primeira vez numa pista de atletismo. Emoção que despertou na jovem de 15 anos o desejo de seguir carreira como atleta. “Foi uma experiência nova, marcante, pois não é sempre que temos oportunidade de participar de um evento como esse. Muito bom sair pra competir, numa estrutura como essa. Para meu futuro, tenho muita vontade de permanecer no atletismo”, contou a aluna do Colégio Estadual do Campo Rodolfo Inácio Pereira, segunda colocada no arremesso de peso (sub-16).

Experiência diferente e produtiva também para quem um dia já competiu profissionalmente e hoje dedica tempo a ensinar aos mais novos o caminho do esporte. “Era o sonho deles conhecer aqui, lá a gente treina num campo de futebol. É uma experiência que eles jamais vão esquecer, a maioria nunca havia pisado numa pista e nunca tinha vindo a Londrina”, contou a professora Cristiane Bordim, coordenadora do Projeto Correndo para o Futuro, de Pinhalão, que participou do GP pela primeira vez, com 14 jovens.

O professor Luiz Edgard Bueno já é um veterano de atletismo. São alguns anos dedicados ao esporte, participando de competições escolares e incentivando alunos a trilhar o caminho do esporte. Para ele, um evento como o GP vai muito além da oportunidade ao aluno. “É um aprendizado para todos. Fortalece o vínculo aluno/professor, e também aluno/escola”, ressalta ele, que levou ao evento 88 alunos, 35 do Colégio Estadual Roseli Piotto, de Londrina, e outros 53 do Colégio Estadual 11 de Outubro, de Cambé.

“Estou muito feliz de ter participado, achei muito legal. Espero que possa participar mais vezes. Meu sonho é seguir carreira no atletismo”, disse Diogo Garcia, de 14 anos, aluno do 11 de Outubro. Ele competiu no salto em distância e nos 1000 metros.

Técnico e gestor do Projeto Londrina Atletismo, Gilberto Miranda avalia que o evento cumpriu novamente com seus objetivos. “Foi mais uma vez uma grande festa do atletismo, estamos muito contentes. E esse é o sentido, oferecer a oportunidade do jovem conhecer e despertar para o esporte. Isso tem um valor muito grande para nós e para eles. Só temos a agradecer a todos que participaram e também aos nossos patrocinadores e parceiros”, destacou.

No total, o evento contou com a participação de aproximadamente 500 crianças e jovens de 12 a 15 anos, representando 31 escolas públicas e particulares de Londrina e outras 13 cidades da região. Uma nova edição será realizada ainda neste ano, em 28 de novembro, novamente na UEL.

A organização da 4ª edição do GP Caixa de Atletismo é do Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC), Projeto Londrina Atletismo, UEL, Faculdades Inesul e Fundação de Esportes de Londrina (FEL). O evento tem patrocínio da Caixa, Governo Federal, além de apoio da Prefeitura de Londrina, Academia Arena Club, Clínica de Ortopedia Ivot, Colégio Ética, Maximus Assistencial, Ômega Diagnósticos e Núcleo Regional de Ensino de Londrina.

Rafael Souza/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios