Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em sua 19ª edição, tradicional corrida realizada no Dia do Trabalho reuniu mais de mil atletas. Evento foi marcado por homenagens à atleta ibiporaense, que morreu no final de 2018

Mais de mil atletas lotaram as ruas de Ibiporã na manhã da quarta-feira, 1º de Maio, feriado do Dia do Trabalhador, para participar de mais uma edição da tradicional Prova Pedestre Adriana de Souza. Em sua 19ª edição, o evento, promovido pela Prefeitura Municipal de Ibiporã, por meio da Secretaria Municipal de Esportes, Recreação e Lazer (Serla), reuniu corredores de todas as idades, vindos de todo o estado do Paraná, São Paulo e Minas Gerais, totalizando participantes de 36 municípios distintos, além da participação de corredores estrangeiros do Quênia e Uganda.

Além do esforço dos atletas em superar seus próprios limites, a prova foi marcada por momentos de muita emoção, lembranças e homenagens a Adriana de Souza, atleta ibiporaense, grande nome do atletismo nacional, que faleceu no final de 2018 vítima de uma embolia pulmonar, após ser submetida a um procedimento cirúrgico no joelho. O marido e a filha da corredora, Cláudio Neia e Manuela, vieram de Cascavel para prestigiar aprova e receber as homenagens póstumas.

A prova foi dividida em categorias e todas as largadas ocorreram na Avenida dos Estudantes, 422, em frente à Secretaria Municipal de Saúde, onde funcionava o antigo Fórum Municipal. As crianças e adolescentes foram os primeiros a correr, disputando a “Adrianinha” nas Categorias A (8 a 10 anos -300 metros), B (11 a 13 anos – 500 metros) e C (14 e 15 anos – 800 metros).

Em seguida, ocorreram as provas da categoria adulto, masculino e feminino, com percursos de cinco e 10 quilômetros. Nos 5km, categoria munícipes, os vencedores foram João Marcos dos Santos e Dulcinéia das Neves Reis. Na categoria veterano (acima de 76 anos), munícipes, os campeões foram José Guidini e Shirlei Zamarian Kazahaya, e na geral, José Miguel Alonso e Maria Mercedes Maeda. Já na geral, o primeiro lugar foi conquistado por Jefferson Lopes, de Londrina, e a argentina Marcela Gomes Cordeiro, residente em Paiçandu. “É uma honra participar desta prova. Hoje não corri com o compromisso de alcançar resultados. O objetivo maior era homenagear a Adriana. A vitória foi um bônus”, comentou.

Já nos 10 km, levaram troféus, medalhas e premiação em dinheiro James Motta e Iracema de Jesus (veterano munícipe); Edson dos Reis e Maria Mercedes Maeda (veterano geral); Elton Wander Sales e Susane de Araújo Martins (munícipes) e Cezídio Neto e Felismina Cavela (geral). “É a sétima vez que participo da prova, quarta vez que a venço. Venho treinando forte, participando de várias competições. É um percurso difícil, com muitas subidas e descidas, mas com muita dedicação fazemos o difícil ficar fácil”, ressaltou Neto, que concluiu os 10 km em 31 minutos e 32 segundos.

 “Fiquei muito feliz com o resultado porque me preparei bem e estou levando o nome de Ibiporã a várias competições importantes Brasil afora. Tinha que fazer esta homenagem a Adriana, porque hoje eu corro graça a ela”, enalteceu Elton Wander Sales.

A organização da prova disponibilizou pontos de hidratação e também forneceu frutas para a reposição dos nutrientes dos competidores. Ao final da prova, os competidores ganharam sessões de massoterapia realizadas pelos alunos do Instituto Federal do Paraná (IFPR). Na tenda da Secretaria Municipal de Saúde, a população pode aproveitar de sessões de auriculoterapia, orientações sobre superalimentos com a nutricionista do Nasf e vacinação contra a gripe.

Premiação

Pela primeira vez na história da prova pedestre os participantes da “Adrianinha” e os veteranos (acima de 60 anos) receberam premiações em dinheiro.  Os três primeiros colocados de cada categoria (Sub-10, Sub-13 e Sub-15) da prova infantil e os veteranos melhores classificados na prova geral foram celebrados com a quantia e mais um troféu. Já nas provas de cinco e 10 km houve entrega de troféus e premiação em dinheiro para os cinco primeiros colocados de ambas as categorias – geral e morador de Ibiporã. A prova distribuiu mais de R$18 mil em dinheiro.

Cada participante que completou o seu respectivo circuito recebeu uma medalha, independente da colocação. Além disso, a Serla levará os cinco primeiros colocados da categoria munícipes de cinco e 10 km para participarem da tradicional Corrida de São Silvestre, que acontecerá dia 31 de dezembro, em São Paulo. A Secretaria custeará as despesas com transporte e inscrição.

Homenagens a Adriana de Souza

Em nome do governo municipal, o prefeito João Coloniezi e a secretária de Esportes, Claudia Guandalini, entregaram ao marido da Adriana de Souza uma placa em homenagem à corredora, externando a admiração e eterno carinho pelo exemplo deixado pela desportista para o atletismo ibiporaense. Muito emocionado, Cláudio agradeceu a reverência e leu um texto escrito por Adriana em que relembra a sua trajetória profissional e a importância de Ibiporã e amigos em sua vida.

Dentre os títulos conquistados por Adriana estão o vice-campeonato da Corrida de São Silvestre, em 2002, o bicampeonato sulamericano de Cross Country e o tricampeonato da Copa Brasil de Cross Country, além de destaque regional no Campeonato Paranaense nos últimos anos.

Cleuza Maria Irineu, renomada atleta do cenário nacional, fez questão de acompanhar o evento e homenagear a amiga. “A prova de Ibiporã fez nascer muitos atletas e precisa continuar porque valoriza não apenas o atleta de alto rendimento, mas também pessoas que mais do que resultados buscam bem estar e qualidade de vida. Mais do que uma amiga, Adriana era uma irmã. Estou impactada até hoje com o que aconteceu”, testemunhou Cleuza.

Agradecendo a participação dos atletas e aos organizadores e apoiadores do evento, o prefeito João Coloniezi destacou a importância da corredora no fomento ao esporte e por projetar Ibiporã nacionalmente. “A Adriana de Souza foi um ícone do atletismo, levando o nome de nossa cidade para o Brasil e o mundo. A permissão da família para continuar usando o seu nome na prova valoriza o evento. As pessoas correm por vários motivos, pelo prêmio, pela saúde, pelo atletismo, pela amizade. É um momento de grande alegria para a Administração Municipal celebrar tão importante data com um evento democrático, que incentiva a qualidade de vida por meio de uma modalidade esportiva que projeta nacionalmente ibiporaenses e ganha cada vez mais adeptos”, salientou o prefeito.

A 19ª Prova Pedestre Adriana de Souza foi uma realização da Prefeitura Municipal de Ibiporã, por meio da Serla, e conta com o apoio das Secretarias Municipais de Assistência Social, Obras, Tecnologia da Informação, Departamento Municipal de Trânsito, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

Caroline Vicentini/NCPMI

Clique nas fotos para ampliar

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios