Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A atleta e nutricionista Ivie Rhein, que mora nos Estados Unidos desde 2014 e se dedica ao trabalho fitness profissional na categoria Women's Physique (IFBB Pro), explica por que no seu vocabulário não existem as palavras café da manhã, almoço e jantar.

"Entre 10 e 12 semanas antes de uma competição sigo rigorosamente a dieta e faço seis refeições por dia. Minhas refeições são numeradas de 1 a 6 e não existem as palavras café da manhã, almoço e jantar no meu vocabulário", conta a paulistana que ingere sete litros de água por dia.

Em período de pré-competição Ivie treina seis vezes por semana tanto a musculação quanto os exercícios cardiorrespiratórios. Ela faz dois cardios por dia para diminuir o percentual de gordura: um de manhã em jejum e outro depois do treino. 

"Ser uma atleta de fisiculturismo é enfrentar diariamente uma luta interna. Querer ser e estar melhor a cada competição. É ter orgulho da sua força, dos seus músculos e das suas veias aparentes. A preparação para uma competição é provavelmente um dos maiores desafios mental, emocional e físico que alguém pode vivenciar", afirma a loira.

Em apenas um ano e meio competindo, Ivie venceu cinco campeonatos, entre eles o Orlando Europa, umas das competições mais importantes dos EUA, bastante respeitado no segmento. Para os campeonatos, a paulistana segue a ideologia de que só entra para

Clique nas fotos para ampliar

Foto: MF Press Global
Foto: MF Press Global

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios