Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Esportes 26/06/2017  10h27

Lívia Avancini debuta na seleção adulta com bronze

No Brasileiro Sub-18, Leonardo Mário dos Santos foi vice também no arremesso do peso. Os resultados firmam a equipe londrinense como referência em provas de arremesso e lançamento

Um bronze com gosto de ouro. Esse é o sentimento que resume a medalha conquistada pela londrinense Lívia Avancini no Campeonato Sul-Americano adulto de atletismo, que terminou hoje em Assunção, no Paraguai. A atleta da equipe Londrina/Caixa/IPEC, convocada pela primeira vez para a seleção brasileira adulta alcançou o pódio com a marca de 16,75m no arremesso do peso. A também brasileira Geisa Arcanjo ficou com ouro, com 18,06m, e a colombiana Sandra Milena Lemos ficou em segundo lugar, com 17,30m.

“Foi uma competição de altíssimo nível. Infelizmente meu melhor arremesso eu queimei, mas fico muito feliz com esse bronze. Primeira vez na seleção brasileira e já conseguir uma medalha tem um gostinho bastante especial para mim. A sensação é de dever cumprido e pensar no futuro, continuar focada para seguir crescendo. Agradeço a minha técnica Silvana Vieira e a todos que me apoiaram”, disse Lívia Avancini.

O resultado confirma a ótima fase que vive a arremessadora da equipe londrinense. Em 2017, a atleta de 25 anos ocupa a segunda colocação no ranking nacional e a terceira no sul-americano. Em abril ela passou a marca dos 17 metros ao arremessar o peso a 17m12cm no Circuito Prata, no interior paulista. Esta foi a primeira aparição de Lívia na seleção brasileira adulta. Em categorias inferiores ela já havia defendido o time verde e amarelo, com o qual sagrou-se campeã sul-americana em 2011.

Com a medalha, a londrinense ajudou a seleção brasileira feminina a conquistar seu 31º título sul-americano entre as mulheres. Os homens também foram campões e ajudaram a seleção nacional a ficar com o título geral do torneio realizado no Paraguai.

Brasileiro Sub-18

Foi no arremesso do peso a outra medalha importante conquistada pela equipe Londrina/Caixa/IPEC neste final de semana. Leonardo Mário dos Santos, de 17 anos, foi vice-campeão brasileiro na competição disputada em Bragança Paulista. A medalha de prata veio com a marca de 17,13 metros, a melhor da sua carreira.

“É um resultado bastante importante. Mostra que o trabalho está sendo bem feito e me dá confiança para encarar as outras competições que virão na temporada. Estou muito feliz e gostaria de agradecer a todos que me apoiam diariamente nessa jornada”, comentou o jovem atleta, descoberto na segunda edição do GP Caixa de atletismo.

Estes dois resultados colocam a equipe de Londrina entre as principais referências das provas de lançamento e arremesso no Brasil. “Hoje temos atletas como a Lívia, que já é uma realidade entre as melhores do país, e promessas como o Leonardo, que vem crescendo muito nos últimos anos. E ainda tem outros com potencial para evoluir e trazer resultados bons a longo prazo. E ainda temos outros jovens que podem crescer nestas provas e em outras também”, avaliou a técnica Silvana Vieira.

Outro bom resultado no nacional foi de Pedro Luiz Tambolim, sexto colocado nos 800 metros. O garoto ainda tem idade para a categoria mirim (sub-16) e integra o programa Centros Regionais Caixa de atletismo e treina em Cornélio Procópio.

ASCOM/Atletismo Londrina

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios