Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Projeto Arenas Multiuso, do governo estadual, prevê doação de quadra para a prática de vários esportes como futebol, handebol e badminton

Na quinta-feira (11), o presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), Fernando Madureira, se reuniu com o secretário de Estado do Esporte e Turismo, Douglas Fabrício, que anunciou o projeto Arenas Multiuso para Londrina. O governo estadual doou um campo multiuso para a cidade, que será instalado ao lado da Associação de Moradores do Conjunto Aquiles Stenghel, na Rua Vergilio Perin, 935.
 

O campo tem as medidas de uma quadra de futsal padrão, ou seja, mede 38 metros de comprimento por 18 metros de largura. O governo estadual envia um conjunto de equipamentos com grama sintética, iluminação do campo, arquibancada, estruturas de alambrados e dois contêineres que serão utilizados como vestiários para os atletas ou depósitos de materiais esportivos. A estrutura leva cerca de cinco dias para ser instalada quando o terreno já está disponível.
 

O secretário de Estado do Esporte e Turismo afirmou que a Arena Multiuso, com a grama sintética, pode ser utilizada para diversas modalidades. “E com o formato padrão que ela tem, é um projeto inédito no Paraná. Começamos a distribuição para os municípios menores e agora partimos para os demais. Acredito que em meados de fevereiro o material esteja em Londrina”, explicou.
 

Segundo o governo estadual, o campo sintético tem um sistema de absorção de impacto feito com borracha de pneu reciclado, o que possibilita a retirada de mais de 30 mil pneus velhos do meio ambiente. Nesse campo é possível praticar atividades esportivas de várias áreas como tênis, handebol e badminton.
 

De acordo com Madureira, a escolha por instalá-la no Aquiles Stenghel deu-se porque ali há uma associação de bairros ativa, que pode ajudar a fomentar atividades recreativas para todas as idades. “Vamos instalar o campo ao lado da sede da Associação de Bairros, em cima de uma quadra que já existe e está deteriorada. Assim, além dos estagiários da FEL que farão atividades com as pessoas de todas as idades, inclusive com crianças e adultos, a própria comunidade poderá usufruir gratuitamente desse espaço e nos ajudar a cuidar dele”, contou.
 

O valor da quadra com seus equipamentos é de R$ 370 mil, pagos pela Secretaria do Esporte e Turismo. Cabe à Fundação de Esportes de Londrina investir 10% desse valor como contrapartida, além de a Prefeitura disponibilizar o terreno para a instalação do projeto. O Município também fica responsável, em conjunto com a Associação de Moradores do Aquiles Stenghel, pela manutenção e segurança do espaço. O projeto paranaense teve início no ano passado e municípios pequenos como Peabiru, Missal e Farol já receberam a iniciativa.
Ana Paula Hedler/NC/PML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios