Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento movimentou a cidade e reuniu mais de quatro mil participantes; em 2019 Londrina volta a receber os Jogos da Juventude do Paraná

Os Jogos Abertos do Paraná (JAPs) terminaram no domingo (30). Foram nove dias de intensa disputa e muito trabalho. Mais de quatro mil participantes estiveram nos Jogos. Londrina, além de ser responsável pela organização da competição, levou a maior delegação do JAPs, com 415 pessoas. Foram 29 locais de competições, espalhados por todas as regiões da cidade, distribuídos em 20 modalidades que ocuparam os campos, quadras, pistas e piscinas. Londrina conquistou o vice-campeonato dos Jogos Abertos, ficando apenas 10 pontos atrás da campeã Maringá. Em 2019 a cidade volta a sediar mais um grande evento estadual, os Jogos da Juventude do Paraná (JOJUPs).
 

O presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), Fernando Madureira, fez um balanço dos Jogos. “Londrina não recebia os Jogos Abertos há mais de 20 anos. Nós já havíamos recebido o Juventude em 2017, que também é uma competição importantíssima no cenário estadual, e agora sediamos os Jogos Abertos. Entregamos uma grande edição de JAPs. Estou profundamente satisfeito. Agradeço ao governo estadual que acreditou na nossa capacidade de realizar a competição, ao prefeito Marcelo Belinati que apoia o desenvolvimento do esporte na cidade, e à minha equipe. Os funcionários da FEL se desdobraram e trabalharam com muito empenho e dedicação para fazer com que os Jogos acontecessem da melhor forma”, analisou.
 

O presidente também comemorou o resultado esportivo. “Ficamos contentes com o segundo lugar. Lógico que gostaríamos de ter vencido, mas Londrina não disputava o JAPs faz alguns anos. Voltar sediando a competição e brigando até o último dia pelo título é algo a ser comemorado. Ficamos apenas 10 pontos atrás de Maringá, que é uma cidade que vem investindo faz alguns anos no esporte e tem tradição na competição. Essa pequena diferença deixou um gostinho de quero mais, sabíamos que o título poderia ter ficado em Londrina. Os atletas defenderam nossa cidade com toda garra e faltou realmente muito pouco. Vamos rever o trabalho e identificar em que podemos melhorar para, em 2019, conseguirmos esses pontinhos que faltaram e ficar com o título do Abertos”, disse.
 

Madureira explicou que a Fundação agora já volta os esforços para os Jogos da juventude 2019. “A partir de hoje já começamos o planejamento do JOJUPs do ano que vem. Londrina está voltando a ser referência no esporte estadual. Serão três anos seguidos sediando as principais competições esportivas do Paraná. Tínhamos a missão de resgatar esse protagonismo que a cidade sempre teve e conseguimos esse objetivo. Agora é concentrar os esforços em preparar nossas equipes e a estrutura esportiva da cidade para receber os Jogos da Juventude do ano que vem e realizá-lo ainda melhor do que o JOJUPs 2017 e o JAPs 2018”, concluiu Madureira.
N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL