Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Foram dois ouros, uma prata e três bronzes na melhor participação da equipe nos últimos anos

A equipe Londrina/FEL/IPEC conquistou seis medalhas no Trofeú Brasil de atletismo, competição que aconteceu em Bragança Paulista. Foram dois ouros, uma prata e três bronzes. Tatiane Raquel da Silva foi o grande destaque do time ao vencer os 1500 metros e os 3000 metros, prova de sua especialidade.

 “Tem sido um ano de muito aprendizado acima de tudo. Estou feliz pelo desempenho em mais um Troféu Brasil, a meta era vencer e conseguimos. Foram duas provas duras, mas acho que consegui colocar uma boa estratégia para chegar às vitórias”, contou a atleta londrinense, que no início do mês foi a quarta colocada no Pan de Lima, no Peru, nos 3000 metros com obstáculos.

Livia Avancini mostrou mais uma vez por que é um dos principais nomes do arremesso de peso. Ela fez uma boa prova e se manteve em segundo até a penúltima série de arremessos. A conquista do bronze teve um sabor especial para a londrinense de 26 anos, que subiu ao pódio da maior competição do atletismo nacional pela quarta vez consecutiva. “É difícil pra gente chegar até aqui. Atleta tem suas dificuldades e para mim é mais uma superação grande. Uma medalha que significa muito. Foi muito bom terminar o ano com uma marca acima dos 16 metros”, contou ela, que atingiu 16,42 metros no “arremesso do bronze”.

July Ferreira Silva foi a segunda colocada nos 1500 e também ficou com o bronze nos 800 metros. Joziane Cardoso foi a terceira colocada nos 10000 metros. Nos 5000 metros masculinho, Cezídio Rodrigues Neto foi o quarto colocado. Shayara Cristina Ribeiro foi a sétima colocada no lançamento do dardo. Elysle Albino terminou os 20 Km da marcha atlética na sétima colocação, duas a frente de Rebeca Benigna Fernandes.

O técnico Gilberto Miranda ressaltou a campanha da equipe londrinense na maior competição da modalidade no país. “Troféu Brasil é sempre uma competição de altíssimo nível, afinal reúne os principais atletas do país. Há algumas temporadas não tínhamos uma participação tão expressiva. Saímos com a sensação de dever cumprido. Além das medalhas, foi uma experiência importante para alguns jovens que vieram pela primeira vez”, destacou.

O Projeto Londrina Atletismo tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina, através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Rafael Souza/Asimp

Tatiane Raquel confirmou seu favoritismo e venceu os 3000 metros com obstáculos pelo segundo ano seguido - Foto: Divulgação

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios