Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Foram dois ouros, uma prata e três bronzes na melhor participação da equipe nos últimos anos

A equipe Londrina/FEL/IPEC conquistou seis medalhas no Trofeú Brasil de atletismo, competição que aconteceu em Bragança Paulista. Foram dois ouros, uma prata e três bronzes. Tatiane Raquel da Silva foi o grande destaque do time ao vencer os 1500 metros e os 3000 metros, prova de sua especialidade.

 “Tem sido um ano de muito aprendizado acima de tudo. Estou feliz pelo desempenho em mais um Troféu Brasil, a meta era vencer e conseguimos. Foram duas provas duras, mas acho que consegui colocar uma boa estratégia para chegar às vitórias”, contou a atleta londrinense, que no início do mês foi a quarta colocada no Pan de Lima, no Peru, nos 3000 metros com obstáculos.

Livia Avancini mostrou mais uma vez por que é um dos principais nomes do arremesso de peso. Ela fez uma boa prova e se manteve em segundo até a penúltima série de arremessos. A conquista do bronze teve um sabor especial para a londrinense de 26 anos, que subiu ao pódio da maior competição do atletismo nacional pela quarta vez consecutiva. “É difícil pra gente chegar até aqui. Atleta tem suas dificuldades e para mim é mais uma superação grande. Uma medalha que significa muito. Foi muito bom terminar o ano com uma marca acima dos 16 metros”, contou ela, que atingiu 16,42 metros no “arremesso do bronze”.

July Ferreira Silva foi a segunda colocada nos 1500 e também ficou com o bronze nos 800 metros. Joziane Cardoso foi a terceira colocada nos 10000 metros. Nos 5000 metros masculinho, Cezídio Rodrigues Neto foi o quarto colocado. Shayara Cristina Ribeiro foi a sétima colocada no lançamento do dardo. Elysle Albino terminou os 20 Km da marcha atlética na sétima colocação, duas a frente de Rebeca Benigna Fernandes.

O técnico Gilberto Miranda ressaltou a campanha da equipe londrinense na maior competição da modalidade no país. “Troféu Brasil é sempre uma competição de altíssimo nível, afinal reúne os principais atletas do país. Há algumas temporadas não tínhamos uma participação tão expressiva. Saímos com a sensação de dever cumprido. Além das medalhas, foi uma experiência importante para alguns jovens que vieram pela primeira vez”, destacou.

O Projeto Londrina Atletismo tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina, através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Rafael Souza/Asimp

Tatiane Raquel confirmou seu favoritismo e venceu os 3000 metros com obstáculos pelo segundo ano seguido - Foto: Divulgação

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.