Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A equipe Londrina/FEL/IPEC alcançou um feito histórico para o atletismo de Londrina ao sagrar-se hoje campeã brasileira sub-18 da modalidade. O título veio com uma campanha brilhante, com o primeiro lugar entre as mulheres e o vice entre os homens. No total, a equipe somou 125 pontos, superando agremiações tradicionais do atletismo, como a ABDA Atletismo, de Bauru, segunda colocada geral, com 92 pontos, e APCEF, de Belo Horizonte, que fechou o pódio com 89.

“É um dos dias mais felizes de toda a trajetória do nosso projeto. Faltam até palavras para descrever o que todos sentimos nesse momento tão especial. Só quem convive conosco sabe a luta que é nosso dia a dia, mas a união desse grupo, incluindo atletas e comissão técnica, fez a diferença. Só temos a agradecer pelo trabalho e dedicação de todos”, falou o técnico Gilberto Miranda.

O título feminino teve como destaques duas grandes promessas que vêm brilhando muito nos últimos meses: Gabriela Tardivo e Júlia Barbosa. A primeira faturou uma medalha de prata, nos 2000 metros com obstáculos, e um ouro nos 3000 metros, enquanto a segunda subiu ao lugar mais alto do pódio no lançamento do disco. Maria Eduarda Barbosa também brilhou com a prata no salto em altura.

“Estou muito feliz com mais essa conquista e por poder ajudar a equipe a conquistar algo tão importante”, falou Gabriela Tardivo, que já havia sido campeã brasileira sub-16 nas provas dos 1000 metros e 1000 metros com obstáculos, no mês passado, em Fortaleza.

No total, a equipe feminina de Londrina marcou 70 pontos, contra 67 da APCEF (MG) e 61 do Centro Olímpico (SP).

Homens

Pedro Tombolim e Héber de Lima Santos (Colégio Ética) foram os destaques londrinenses entre os homens. Depois de ver escapar o primeiro lugar nos 400 metros rasos por apenas três décimos de segundo, Pedro Tombolim não deu chances aos adversários e levou o ouro nos 800 metros rasos, em prova realizada ontem (domingo).

Héber de Lima Santos brilhou no lançamento do martelo, conquistando seu primeiro título nacional. “É uma emoção grande, vinha trabalhando e treinando muito para conquistar um resultado como esse. Só agradecer a todos que estão comigo sempre, em especial minha treinadora Silvana Vieira”, disse Héber.

No revezamento misto 4 x 400 metros, o quarteto formado por Edson Calbaizer Junior, Pedro Tombolim, Eduarda Souza Santos e Anna Lyvia Agostinho fez uma ótima prova e terminou com a medalha de prata.

Em uma disputa acirrada com os gaúchos da APA, a equipe londrinense masculina acabou com a segunda colocação, com 55 pontos, apenas dois de desvantagem para os primeiros colocados.

 “Gostaria mais uma vez de lembrar de todos que fazem desse equipe um time forte e lutador.  Agradecemos nossos patrocinadores, pais, treinadores e atletas, que no dia a dia fazem desses sonhos possíveis. Essa conquista é de todos”, finalizou Miranda.

O Projeto Londrina Atletismo tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina, através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Rafael Souza/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios