Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A equipe Londrina/FEL/IPEC alcançou um feito histórico para o atletismo de Londrina ao sagrar-se hoje campeã brasileira sub-18 da modalidade. O título veio com uma campanha brilhante, com o primeiro lugar entre as mulheres e o vice entre os homens. No total, a equipe somou 125 pontos, superando agremiações tradicionais do atletismo, como a ABDA Atletismo, de Bauru, segunda colocada geral, com 92 pontos, e APCEF, de Belo Horizonte, que fechou o pódio com 89.

“É um dos dias mais felizes de toda a trajetória do nosso projeto. Faltam até palavras para descrever o que todos sentimos nesse momento tão especial. Só quem convive conosco sabe a luta que é nosso dia a dia, mas a união desse grupo, incluindo atletas e comissão técnica, fez a diferença. Só temos a agradecer pelo trabalho e dedicação de todos”, falou o técnico Gilberto Miranda.

O título feminino teve como destaques duas grandes promessas que vêm brilhando muito nos últimos meses: Gabriela Tardivo e Júlia Barbosa. A primeira faturou uma medalha de prata, nos 2000 metros com obstáculos, e um ouro nos 3000 metros, enquanto a segunda subiu ao lugar mais alto do pódio no lançamento do disco. Maria Eduarda Barbosa também brilhou com a prata no salto em altura.

“Estou muito feliz com mais essa conquista e por poder ajudar a equipe a conquistar algo tão importante”, falou Gabriela Tardivo, que já havia sido campeã brasileira sub-16 nas provas dos 1000 metros e 1000 metros com obstáculos, no mês passado, em Fortaleza.

No total, a equipe feminina de Londrina marcou 70 pontos, contra 67 da APCEF (MG) e 61 do Centro Olímpico (SP).

Homens

Pedro Tombolim e Héber de Lima Santos (Colégio Ética) foram os destaques londrinenses entre os homens. Depois de ver escapar o primeiro lugar nos 400 metros rasos por apenas três décimos de segundo, Pedro Tombolim não deu chances aos adversários e levou o ouro nos 800 metros rasos, em prova realizada ontem (domingo).

Héber de Lima Santos brilhou no lançamento do martelo, conquistando seu primeiro título nacional. “É uma emoção grande, vinha trabalhando e treinando muito para conquistar um resultado como esse. Só agradecer a todos que estão comigo sempre, em especial minha treinadora Silvana Vieira”, disse Héber.

No revezamento misto 4 x 400 metros, o quarteto formado por Edson Calbaizer Junior, Pedro Tombolim, Eduarda Souza Santos e Anna Lyvia Agostinho fez uma ótima prova e terminou com a medalha de prata.

Em uma disputa acirrada com os gaúchos da APA, a equipe londrinense masculina acabou com a segunda colocação, com 55 pontos, apenas dois de desvantagem para os primeiros colocados.

 “Gostaria mais uma vez de lembrar de todos que fazem desse equipe um time forte e lutador.  Agradecemos nossos patrocinadores, pais, treinadores e atletas, que no dia a dia fazem desses sonhos possíveis. Essa conquista é de todos”, finalizou Miranda.

O Projeto Londrina Atletismo tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina, através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Rafael Souza/Asimp

#JornalUnião

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.