Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Competição em Bragança Paulista começa hoje (21) e vai reunir as principais equipes do país

Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo (CNDA), Bragança Paulista (SP). É lá que a equipe Londrina/FEL/IPEC enfrenta neste final de semana seu grande desafio até aqui em 2021, o Campeonato Brasileiro Sub-20. O torneio abre a temporada de competições nacionais e promete grandes disputas na pista com a presença das principais equipes do atletismo nacional. A competição começa hoje e vai até domingo (23).

Em disputa, além da busca para melhorar marcas, a briga para chegar ao lugar mais alto do pódio. Terceira colocada entre as mulheres e quarta no geral em 2020, a equipe londrinense vislumbra novamente uma posição de destaque na competição. Para isso terá em ação 26 atletas, boa parte deles ocupando o top 10 nos rankings nacionais em suas provas. Serão ainda seis integrantes da comissão técnica observando tudo e orientando os competidores em cada prova.

Um final de semana que promete ser intenso e inesquecível. A Julia Ribeiro sonha com essa competição desde que começou na equipe londrinense, há dois anos. Ela vem numa crescente, é a atual terceira colocada do ranking nacional nos 400 metros, e mesmo ainda pertencendo à categoria sub-18, já almeja uma medalha. “Estou muito focada e confiante. Espero poder fazer o meu melhor e quem sabe buscar um pódio para minha equipe”, frisou a jovem de 16 anos.

Quem também desponta como grande aposta de medalha mais uma vez é Gabriela Tardivo. Primeira colocada no ranking nacional nas provas dos 1500 metros, 3000 metros rasos e 3000 metros com obstáculos, e classificada para o Campeonato Pan Americano, a jovem atleta de 17 anos figura entre as favoritas ao pódio.

Heber de Lima Santos, terceiro colocado no ranking nacional do lançamento do martelo, Giovanna Venâncio, vice-líder do ranking nacional no lançamento do disco, Pedro Tombolim, vice-líder do ranking nacional nos 800 metros, e Bianca Davi, terceira colocada no ranking nacional dos 3000 metros com obstáculos, também aparecem com boas chances de alcançar o pódio em Bragança Paulista.

O técnico Gilberto Miranda lembra que a equipe é jovem e busca crescimento e experiência, mas acredita que pode repetir os bons resultados de 2020. “Estamos indo com um time mais novo, boa parte dos atletas ainda de uma categoria abaixo, mas tem muito potencial e vem de uma grande campanha no Paranaense há duas semanas”, destacou. “Será um torneio de muito bom nível e esperamos que a equipe possa estar novamente entre as primeiras colocadas”, acrescentou o treinador.

O Projeto Londrina Atletismo conta com incentivo da Copel e Governo do Paraná, através do programa Proesporte, e tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina (FEL), através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC) e Colégio Ética; e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Maximus Assistencial, Ivot Ortopedia, Ômega Diagnósticos, Espaço Saúde Integral Londrina e Academia AS Fitness.

Rafael Souza/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.