Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

Desde ano passado, equipe de atletismo de Londrina conquistou quatro pódios com seu time de mulheres em campeonatos nacionais interclubes

A equipe Londrina/FEL/IPEC alcançou mais um resultado importante em sua história no final de semana. No Campeonato Brasileiro Sub-18, disputado em Bragança Paulista, o time feminino londrinense fez bonito e fechou o torneio na segunda colocação somando 88 pontos, empatado com a Orcampi, de Campinas (SP).

O resultado ratifica o grande potencial do time feminino da equipe Londrina/FEL/IPEC em campeonatos brasileiros interclubes nas últimas temporadas. Com a conquista do final de semana, as meninas subiram ao pódio nas disputas por equipes em cinco edições desde 2018. Repetiu o mesmo resultado no brasileiro sub-16 há dois anos, foi terceira colocada no sub-20 há duas semanas, e em 2019 foi segunda colocada no Brasileiro Sub-16 de 2019 e campeã do brasileiro sub-18.

 “Essas campanhas vêm confirmar um trabalho consistente que temos feito nos últimos anos, que se inicia na detecção, passa pela formação e chega ao alto rendimento com resultados sólidos. E o diferencial é justamente a continuidade, o que os atletas não encontram hoje em muitos clubes do país”, analisou o gestor Gilberto Miranda.

A campanha do vice-campeonato brasileiro interclubes sub-18 teve a conquista de seis medalhas, duas de ouro e quatro de prata. Julia Barbosa confirmou-se mais uma vez como uma das principais apostas do lançamento do disco ao subir novamente ao lugar mais alto do pódio em Bragança Paulista. “Estou muito contente com o resultado. Resultado de um esforço muito grande e só tenho a agradecer a todos que me apoiam todos os dias a continuar na luta”, disse a jovem, que já havia conquistado os brasileiros sub-16 e sub-18 em 2019.

O outro ouro da equipe londrinense nesta edição foi conquistado por Camila Irene Abílio, no lançamento do martelo. Gabriela Tardivo levou duas pratas nos 1500 metros e 2000 metros com obstáculos, Maria Eduarda Barbosa foi vice no salto em altura e Giovanna Nogueira Vespero (Colégio Ética) repetiu o resultado no arremesso de peso.

 “Estamos vivendo uma temporada atípica e tivemos que nos adaptar para seguir o nosso plano de formação e busca de resultados de alta performance. Fizemos treinamentos em casa no auge da pandemia, lives, trabalhamos o lado psicológico de todos e esse resultado é uma conquista de todos. Mostra o potencial da equipe como um todo”, pontuou Miranda.

O Projeto Londrina Atletismo tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina (FEL), através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC) e Colégio Ética; e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Maximus Assistencial, Ivot Ortopedia, Ômega Diagnósticos, Espaço Saúde Integral Londrina e Academia AS Fitness.

Rafael Souza/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios