Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Gabriela Tardivo, Giovanna Venâncio, Camila Abílio, Pedro Tombolim e Héber de Lima Santos foram escolhidos e celebram feito histórico para time londrinense

Num espaço de menos de um mês, a equipe Londrina/FEL/IPEC já contabiliza novas convocações para a seleção brasileira de atletismo. Dessa vez, são cinco atletas convocados de uma única só vez, algo histórico para a modalidade no Paraná. Eles vão representar o país na disputa do Campeonato Sul-Americano Sub-20, que será realizado nos dias 9 e 10 de julho, em Lima, no Peru. Antes, Tatiane Raquel Silva e Livia Avancini foram chamadas para o time verde e amarelo adulto e foram campeãs sul-americanas em suas provas.

Os convocados do time londrinense figuram entre as principais apostas em suas provas no atletismo brasileiro. São eles: Gabriela Tardivo, dos 3000 metros com obstáculos, Giovanna Aparecida Venâncio, do lançamento do disco e arremesso do peso, Héber de Lima Santos, do lançamento do martelo, Pedro Tombolim, dos 800 metros rasos, e Camila Irene Abílio, do lançamento do martelo.

Os competidores convocados para a seleção sub-20 pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) detêm resultados expressivos nos últimos anos e foram chamados por que figuraram nas duas primeiras posições do ranking nacional da categoria em suas respectivas provas entre setembro de 2020 e abril de 2021.

Campeão brasileiro sub-18 e atual medalha de prata no nacional sub-20, realizado há duas semanas, Heber de Lima Santos vibrou muito com sua primeira convocação. “É sempre uma satisfação muito grande poder representar as cores do seu país. É um sonho que se realiza. E eu vinha buscando essa convocação há muito tempo. Agora é focar ainda mais nos treinos para ter chances de brigar por um bom resultado no Sul-Americano”, comentou o jovem de 19 anos.

A equipe Londrina/FEL/IPEC foi o time com maior número de atletas convocados para essa edição do Campeonato Sul-Americano, ao lado do Centro Olímpico (SP), ambos com cinco competidores chamados.

“É uma conquista enorme para o projeto, um feito que reforça novamente nossa posição como uma das principais equipes do Brasil na atualidade. Sabemos como tem sido difícil a nossa luta diária para melhorar nossa estrutura e buscar resultados ainda melhores. Com todo esse cenário, o esporte vive mais um momento desafiador para se manter. E uma conquista como essa nos enche de orgulho do trabalho de todos e nos fortalece no cenário nacional”, destacou o técnico e gestor da equipe, Gilberto Miranda.

O Projeto Londrina Atletismo conta com incentivo da Copel e Governo do Paraná, através do programa Proesporte, e tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina (FEL), através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC) e Colégio Ética; e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Maximus Assistencial, Ivot Ortopedia, Ômega Diagnósticos, Espaço Saúde Integral Londrina e Academia AS Fitness.

Rafael Souza/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.