Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Gabriela Tardivo, Giovanna Venâncio, Camila Abílio, Pedro Tombolim e Héber de Lima Santos foram escolhidos e celebram feito histórico para time londrinense

Num espaço de menos de um mês, a equipe Londrina/FEL/IPEC já contabiliza novas convocações para a seleção brasileira de atletismo. Dessa vez, são cinco atletas convocados de uma única só vez, algo histórico para a modalidade no Paraná. Eles vão representar o país na disputa do Campeonato Sul-Americano Sub-20, que será realizado nos dias 9 e 10 de julho, em Lima, no Peru. Antes, Tatiane Raquel Silva e Livia Avancini foram chamadas para o time verde e amarelo adulto e foram campeãs sul-americanas em suas provas.

Os convocados do time londrinense figuram entre as principais apostas em suas provas no atletismo brasileiro. São eles: Gabriela Tardivo, dos 3000 metros com obstáculos, Giovanna Aparecida Venâncio, do lançamento do disco e arremesso do peso, Héber de Lima Santos, do lançamento do martelo, Pedro Tombolim, dos 800 metros rasos, e Camila Irene Abílio, do lançamento do martelo.

Os competidores convocados para a seleção sub-20 pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) detêm resultados expressivos nos últimos anos e foram chamados por que figuraram nas duas primeiras posições do ranking nacional da categoria em suas respectivas provas entre setembro de 2020 e abril de 2021.

Campeão brasileiro sub-18 e atual medalha de prata no nacional sub-20, realizado há duas semanas, Heber de Lima Santos vibrou muito com sua primeira convocação. “É sempre uma satisfação muito grande poder representar as cores do seu país. É um sonho que se realiza. E eu vinha buscando essa convocação há muito tempo. Agora é focar ainda mais nos treinos para ter chances de brigar por um bom resultado no Sul-Americano”, comentou o jovem de 19 anos.

A equipe Londrina/FEL/IPEC foi o time com maior número de atletas convocados para essa edição do Campeonato Sul-Americano, ao lado do Centro Olímpico (SP), ambos com cinco competidores chamados.

“É uma conquista enorme para o projeto, um feito que reforça novamente nossa posição como uma das principais equipes do Brasil na atualidade. Sabemos como tem sido difícil a nossa luta diária para melhorar nossa estrutura e buscar resultados ainda melhores. Com todo esse cenário, o esporte vive mais um momento desafiador para se manter. E uma conquista como essa nos enche de orgulho do trabalho de todos e nos fortalece no cenário nacional”, destacou o técnico e gestor da equipe, Gilberto Miranda.

O Projeto Londrina Atletismo conta com incentivo da Copel e Governo do Paraná, através do programa Proesporte, e tem patrocínio da Prefeitura de Londrina e Fundação de Esportes de Londrina (FEL), através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC) e Colégio Ética; e parceria da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Maximus Assistencial, Ivot Ortopedia, Ômega Diagnósticos, Espaço Saúde Integral Londrina e Academia AS Fitness.

Rafael Souza/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios