Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Evento movimentou diversos locais esportivos da cidade e envolveu cerca de 1.300 atletas de paradesporto de todo o estado

Os Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná (PARAJAP’s) 2019 terminaram no domingo (23). Foram cinco dias de intensas disputas, amizades, histórias de superação, exemplos de vida e de celebração do esporte. No total, cerca de 1.300 atletas estiveram disputando a competição e mais de 1.700 pessoas, somando dirigentes, comissão técnica e equipe de organização, se envolveram com o evento. Foram 15 modalidades em 14 locais de competição da cidade. Londrina conquistou o quarto lugar do PARAJAP’s, apenas dois pontos atrás de Cascavel, que ficou com o bronze. Maringá terminou com o vice-campeonato, enquanto Curitiba levou o primeiro lugar geral da competição.

O presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), Fernando Madureira, destacou a evolução do paredesporto londrinense. “Ano passado nós ficamos em quarto lugar, mas muito distantes do pódio do PARAJAP’s. Este ano o investimento da Prefeitura no paradesporto aumentou consideravelmente. Isso melhorou a estrutura das equipes, possibilitou a aquisição de equipamentos de treino e de competição melhores, deu tranquilidade para os técnicos trabalharem, nossa delegação aumentou e nosso desempenho também. Fizemos 96 pontos contra 98 de Cascavel, que veio com a maior delegação dos Jogos. Por detalhes mínimos não conseguimos subir ao pódio. O desempenho dos nossos atletas nos deixou extremamente satisfeitos e com a certeza de que o trabalho desenvolvido pela FEL vem sendo bem-feito”, apontou.

Madureira também lembrou que, além do recurso investido por meio do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (FEIPE), a FEL viabilizou um curso do Comitê Paralímpico do Brasil na semana do evento. “Conseguimos trazer profissionais de referência internacional à Londrina e ofertamos um curso totalmente gratuito de prática paradesportiva. O curso foi um sucesso de público e será uma ferramenta importantíssima para abrir a cabeça dos nossos profissionais e acadêmicos para todas as possibilidades que o trabalho com paratletas oferece. O paradesporto é fundamental para inclusão social e propiciar uma formação como a que trouxemos, com o que há de melhor no país. A intenção é dar aos educadores físicos os instrumentos necessários para desenvolver as modalidades paralímpicas em Londrina”, acrescentou.

O presidente da FEL considerou a edição de 2019 do PARAJAP’s um grande sucesso. “Ficamos muito contentes com tudo o que presenciamos nesses dias de evento. São exemplos de vida e superação que vimos de perto e que funcionam como combustível para que busquemos sempre o nosso melhor. O PARAJAP’s é um evento diferente, que propicia isso a quem participa. Agradeço ao governo do estado pela confiança, ao governado Ratinho Junior que veio prestigiar o evento, ao prefeito Marcelo Belinati que transformou o esporte em prioridade na cidade, à equipe da FEL, sempre competente e entregando um serviço da melhor qualidade, e principalmente aos nossos técnicos e atletas, que vestiram as cores de Londrina e representaram a cidade de forma maravilhosa”, ressaltou Madureira.

A oitava edição dos Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná é um evento do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Turismo, realizado pela Prefeitura de Londrina, por meio da Fundação de Esportes de Londrina.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios