Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Torneio da FAP vai reunir atletas do PR e de outros estados na pista da UEL; competição marca início da temporada para boa parte da equipe

Os últimos dias têm sido de trabalho intenso para a equipe Londrina/IPEC de atletismo. O grupo treina duro de olho no Torneio FAP II, competição organizada pela Federação de Atletismo do Paraná, e que será realizada na pista da Universidade Estadual de Londrina (UEL), no próximo sábado (6).

O torneio marca a primeira competição oficial da temporada para a maioria dos 70 atletas que vão representar a equipe londrinense. E terá um ingrediente especial, já que competir em casa, diante de amigos, familiares, é sempre um estímulo a mais.

“A gente vem treinando desde o início do ano esperando pelas competições. Atleta gosta disso, do clima de competição, de ser desafiado. E poder competir em casa é diferente, onde a gente já conhece e com a torcida, é um gás importante para esse início”, comentou João Ricardo Canonico (Colégio Ética), de 16 anos, que vai competir nos 400 metros rasos.

Grande atração da equipe londrinense para a temporada 2019, Tatiane Raquel da Silva, que volta a representar a cidade nesta temporada após quatro anos em São Paulo, está confirmada no torneio. Ela vai competir nos 1500 metros. Há duas semanas, no Uruguai, Tatiane garantiu índice para os Jogos Pan-Americanos nos 3000 metros com obstáculos.

Quem também vem a Londrina é Gabriela Tardivo. A jovem de 14 anos, que desponta como uma das grandes promessas do atletismo nacional, vai competir nos 800 metros e nos 1500 metros, debutando na categoria sub-18.

Para o técnico Gilberto Miranda, o torneio será uma boa chance para os atletas começarem a ganhar ritmo de competição e testarem suas marcas. “O torneio da FAP é uma competição forte, inclusive com alguns atletas de outros estados. Bom teste para os nossos atletas”, avaliou. O torneio será realizado na UEL, aberto ao público.

O torneio, um dos mais tradicionais do calendário do atletismo estadual, também vale índice para campeonatos nacionais e internacionais e terá disputas nas categorias sub-18, sub-20 e adulto.

Rafael Souza/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios