Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Na próxima quarta-feira (14.11) Londrina receberá a sétima edição dos Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná (PARAJAPS), evento de rendimento com a participação de diversos atletas paralímpicos, medalhistas Sul-Americanos e Pan-Americanos. A abertura será no ginásio do Colégio Vicente Rijo, às 19h30.

A competição terá a presença de 43 cidades e o número confirmado de 1.312 atletas, somando mais de 1.500 participantes, entre organizadores, arbitragem e dirigentes. As disputas iniciam no dia 15 e encerram no domingo, dia 18, em 13 praças esportivas com a participação de diversos atletas paraolímpicos e medalhistas em competições internacionais.

A maior delegação será a de Curitiba, com 175 integrantes. Maringá vem em seguida com 152 participantes e logo atrás está Cascavel com um total de 131 pessoas. A capital paranaense também é a maior vencedora de todas as edições da competição.

Neste ano serão 17 modalidades: atletismo, basquetebol em cadeira de rodas, bocha adaptada, futsal - deficiência intelectual, goalball, golf 7, handebol em cadeira de rodas, Handebol - deficiência intelectual, natação, parabadminton, paracanoagem, paraciclismo, parataekwondo, rugby em cadeira de rodas, tênis de mesa, vôlei sentado e xadrez.

Os PARAJAPS são um evento direcionado exclusivamente para pessoas com algum tipo de deficiência e fecha o calendário das competições organizadas e executadas pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo do Paraná (SEET).

“Esta é a competição que tem o maior investimento do Governo. O município só precisa levar a delegação. Todas as demais despesas são por conta do Estado. Alimentação, premiação, arbitragem, transporte interno da arbitragem e hotelaria para alguns atletas que são mais comprometidos fisicamente”, explica o supervisor de esporte e rendimento da SEET, Emerson Venturini “Milico”.

As três primeiras edições foram realizadas em Londrina. Na sequência Curitiba sediou o evento por dois anos consecutivos e em 2017, Maringá recebeu a disputa.

Josi Schmidt/COM/SEET

#JornalUnião

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.