Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Ginásio do Moringão, em Londrina, será o palco do 21º Brazil Open de Taekwondo. A competição promovida pela Confederação Brasileira de Taekwondo e Federação Paranaense de Taekwondo com organização do Instituto Paranaense de Esporte e Cultura (IPEC) e Brasil TKD, vale 10 pontos para o Ranking Nacional da modalidade e vai acontecer nos dias 7, 8 e 9 de outubro.

Segundo um dos promotores do evento, Fernando Madureira, o certame tem uma importância diferente no calendário 2016. “Depois do Campeonato Brasileiro em João Pessoa, que foi realizado em setembro, será o segundo torneio que vale pontos para a formação da Seleção Brasileira. Todos os que competiram no Brasileiro estarão em Londrina, além daqueles que quiserem buscar pontos no cenário nacional”, explica.

A competição deve reunir mais de 400 atletas na cidade de pelo menos 12 estados brasileiros nas categorias: Fraldinha, Mirim, Infantil, Cadete, Juvenil, Adulto e Master Masculino e Feminino, na faixa preta e também nas coloridas nas modalidades Kiorugui (Luta) e Poomsae.

Madureira destaca que o cronograma do Brazil Open já está definido. “O Congresso técnico será na sexta, dia 7, às 19h. A pesagem será na sexta, no período da tarde e no sábado, a partir das 8h30, já ocorrerão lutas eliminatórias no ginásio. A abertura oficial será sábado 14h com a presença das autoridades e o encerramento será no domingo 18h”, detalha.

Além das lutas, o Moringão vai receber uma grande estrutura para o evento. Madureira informa que a entrada é franca e que o Brazil Open 2016 será uma festa para a família. “Teremos praça de alimentação, espaço de recreação para as crianças e atrações para toda a família. Além disso, o evento vai promover o intercâmbio entre atletas, treinadores e dirigentes de todo o país”, informa.

Em relação as disputas, Fernando Madureira projeta um bom nível. “Até porque o ciclo olímpico Tóquio 2020 já começou e o efeito das Olimpíadas do Rio, com mais uma medalha para o taekwondo, motiva todos os atletas de ponta. E também serve de estímulo para os mais jovens e para aqueles que estão começando no esporte”.

Asimp/FPTKD

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios