Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A atleta é de Londrina/Pr e mora nos EUA desde 2015. Gabi faz sucesso nas redes sociais com dicas de bem-estar e cuidados com o corpo 

A atleta Londrinense Gabi Dezan, 31 anos conhecida como a Life Coach das estrelas, agora é Bi-Campeã Mundial de Fisiculturismo. Gabi, que já cuidou de nomes como Fernanda Vaconcellos, Tânia Mara, Nívea Stelmann e Cassiane Valadão, entre outras conquistou no fim de semana, em Cecina (região da Toscana), na Itália mais um título. “Foi um momento inesquecível que apaga qualquer dor, sacrifício ou dificuldade que passei”, conta Gabi que mora em Orlando, EUA ao lado do marido - o nutricionista Daniel Dezan.

Gabi também faz sucesso nas redes sociais onde sempre compartilha dicas para cuidados com o corpo e bem-estar (no instagram como @gabicdezan ).  “Comecei a competir em março de 2014 quando estava no último ano da minha segunda faculdade (educação física) a intenção era mudar o meu físico drasticamente em um curto espaço de tempo para então conseguir clientes como personal trainer. Iniciei uma preparação que durou 56 dias. Foram 56 dias com uma dieta extremamente restrita com treinos intensos até subir no palco do campeonato estreantes paranaense”, conta Gabi que em 2015 saiu de Londrina, Paraná.  

“Após estrear nos palcos acabei conquistando uma colocação (2º lugar) que me dava classificação pro campeonato paranaense que aconteceria dois meses depois. Continuei a minha preparação mesmo um pouco contrariada e cansada acabei conquistando primeiro lugar no campeonato paranaense em maio de 2014 e isso gerou em mim um desejo de querer continuar no esporte. Uma semana após o campeonato paranaense eu participava do Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo e me conseguir o título de campeã brasileira daquele ano. Com essa vitória conquistei a classificação para o Campeonato Mundial que aconteceria na Irlanda do Norte um mês depois campeonato brasileiro. Muito cansada decidi continuar e dar seqüência na minha preparação e fui então rumo ao campeonato mundial. Peguei lá o quinto lugar entre 25 meninas e consegui entrar no top seis do mundo e me tornei uma atleta internacional dispensando então novas classificações, ou seja, nos anos seguintes eu não precisaria mais participar da seletiva do paranaense e  brasileiro pra então subir em um palco internacional”, lembra  Gabi Dezan que em quatro meses conseguiu a conquista de atleta profissional.

“Em junho de 2015 me tornei campeã do mundo de fisiculturismo na categoria Toned. Em 2016 e no ano passado, 2017, competi e não tive mesmo êxito nas colocações (quinto e quarto lugar). Mas como sempre digo: água mole e pedra dura tanto bate até que fura. Juntei todas as minhas forças, estratégias, restaurei minha fé, e fiz tudo que eu podia e estava ao meu alcance para mais um ano tentar o título. Foram cinco meses e meio de pré contest (fase que antecede a competição) fazendo 5 refeições ao  dia.  De 1 de janeiro até o campeonato comi  apenas 2 refeições livres (rodízio de japa -sem fritura). A dieta só contou com uma continha arroz, frango, abacate, claras, aspargos, salmão, cogumelos e salada. Treinei musculação 6 vezes na semana (há 16 anos sem pausa). Mesmo com a rotina pesada de atender 300 clientes por mês e cuidar da casa, além do mestrado tudo valeu a pena! O esporte mudou minha vida e minha postura diante dela. Disciplina passou a ser minha maior qualidade. Com tudo isso e com mais um título voltei da Itália com a minha missão  ainda maior de falar sobre a importância do Foco ao meu público no Brasil e pelo mundo”, completou a atleta Londrinense.

Dan Beligoli/Asimp/Non Stop

Clique nas fotos para ampliar

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios