Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Giovane Vieira de Paula, o “Pantera Negra”, integra o projeto de paracanoagem de Londrina desde 2015

O medalhista paraolímpico Giovane Vieira de Paula foi recebido pelo prefeito Marcelo Belinati em visita à Prefeitura de Londrina, na sexta-feira (1°). Conhecido como “Pantera Negra”, o paracanoísta apresentou ao prefeito sua medalha de prata, conquistada nos Jogos de Tóquio 2020 pela categoria VL3 200m da paracanoagem.

O paratleta estava acompanhado da comissão técnica do Projeto de Paracanoagem de Londrina, com o técnico da equipe, Gelson Moreira de Souza, e o preparador físico Vitor Loni. Fundada em 2013, a equipe é beneficiada pelo Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), da Fundação de Esportes de Londrina, desde 2014.

Giovane Vieira de Paula é de Apucarana, e teve a perna amputada após um acidente de trem, sofrido aos 11 anos. Desde então, treinou e disputou várias modalidades paradesportivas, como a natação e o atletismo. Ao visitar Londrina, em 2015, conferiu o Brasileiro de Canoagem Maratona, realizado no Lago Igapó. Se interessou pelo esporte de imediato e, após contato com o técnico Gelson Moreira de Souza, entrou para a equipe.

Para treinar, vem diariamente a Londrina, pois permanece residindo em Apucarana. Desde o primeiro treino, em 2015, subiu ao pódio nos Campeonatos Pan-Americano, Sul-americano e Copa do Brasil. Este ano, após obter o terceiro lugar na final B do caiaque, durante a Copa do Mundo de Paracanoagem, garantiu lugar na comitiva paraolímpica e foi a Tóquio disputar os Jogos pela Seleção Brasileira.

Ao conhecer a história do paracanoísta, o prefeito Marcelo Belinati se emocionou com o empenho e a dedicação. “Parabéns a você, Giovane, ao seu técnico e toda comissão da equipe. Que Deus abençoe sempre a vida de vocês, para que sirvam de exemplo a muitas pessoas. Sigam fazendo esse trabalho maravilhoso e que nos serve de inspiração”, disse.

O presidente da Fundação de Esportes de Londrina, Marcelo Oguido, reforçou os cumprimentos ao paratleta pelo empenho em todos esses anos. “Nós, técnicos, às vezes temos mais vontade do que o atleta que treinamos, porque vemos o potencial e sabemos onde pode chegar. Mas se ele mesmo não acreditar e se esforçar, de nada adianta nosso empenho. E você acreditou, se esforçou e lutou, por isso hoje tem essa medalha”, frisou.

Realizado por estar nos Jogos Paralímpicos, o estreante Giovane buscava competir a final da sua categoria, a VL3, e não cogitada pódio. Mas já na semi, foi o mais rápido e, entre os grandes nomes da paracanoagem, percorreu 200 metros em 52,1478 segundos, menos de um segundo atrás do australiano Curtis McGrath, que levou o ouro.

O paratleta conta que foi difícil reconhecer que tinha conquistado a medalha de prata, por conta da emoção somada ao cansaço após tamanho esforço. “Cheguei na final com o 4° melhor tempo e ouvi dos técnicos, da seleção e de Londrina, que eu deveria dar o meu melhor porque já tinha realizado meu sonho. Foi o que fiz, e consegui a segunda colocação. Mas ao chegar na linha de chegada, eu não acreditei, mesmo com os gritos da torcida brasileira. Só ao ver meu nome no telão consegui chorar e vibrar”, relembrou.

Giovane agradeceu, durante sua visita à Prefeitura, o apoio prestado pelo Município à equipe. “Sozinho a gente não chega no objetivo, tive que abrir mão de muitas coisas para alcançar um grande sonho. No atleta, o maior sonho é estar nos Jogos Olímpicos ou Paralímpicos, e agora eu só tenho a agradecer a FEL e ao Iate pelo apoio, aos meus técnicos e toda equipe”, afirmou.

Ele continuará integrando a equipe londrinense que possui, ao todo, seis paratletas – cinco homens e uma mulher. Dentre eles, Igor Tofalini, que conquistou a Copa Mundial de Paracanoagem em 2018 e disputou os Jogos Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

E, segundo o técnico da equipe, a meta é classificar pelo menos três paracanoístas de Londrina nos Jogos de Paris, em 2024. “Temos boas expectativas e vamos trabalhar para atingir essa meta”, comentou Souza.

Na visita do medalhista paraolímpico, estavam presentes também o chefe de Gabinete da Prefeitura, Moacir Sgarioni; o secretário de Governo, Alex Canziani e o vereador e ex-presidente da FEL, Fernando Madureira.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.