Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.


A equipe Brasileira de Parataekwondo, treinada pelo londrinense Rodrigo Ferla, conseguiu um ótimo desempenho na Paralímpiada de Tóquio 2021. Rodrigo Ferla, que iniciou sua trajetória no Taekwondo de Londrina, hoje leva a inclusão através do esporte com o Parataekwondo. Formado na Equipe Madureira, Ferla seguiu os passos de seu mestre se tornando treinador paralímpico e trazendo medalhas para o Brasil.

Segue os resultados dos atletas do Parataekwondo:

Começando pelo atleta Nathan Torquato, que logo na estreia do parataekwondo em Paralimpíadas conseguiu sagrar-se campeão da categoria até 61kg, classe K44.

A segunda medalha para o Brasil! Silvana Fernandes derrotou GamzeGurdal, da Turquia, por 26 a 9 e conquistou a medalha de bronze na disputa até 58kg da categoria K44 na sexta-feira, 3.

Por fim, a atleta Débora Bezerra de Menezes ficou com a prata após perder a final por 8 a 4 para a uzbeque Guljonoy Naimova na categoria K44 + 58kg, na manhã do sábado, 04, em Tóquio. 

Nathan Torquato – Divulgação

Debora Menezes – Divulgação

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.