Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Adolescentes, crianças e o público da terceira idade terão nova opção para praticar esportes e atividades físicas gratuitamente em Tamarana. O projeto Esporte Para Toda Vida, do governo estadual, passará a ser ofertado no município a partir deste sábado (1º).

A iniciativa, que conta com o apoio da Diretoria municipal de Esportes, será realizada nas dependências do Complexo Esportivo Sebastião Sidônio de Araújo – o Centro Social Urbano –, que fica no cruzamento das ruas Procópio Severino da Silva e Demétrio Carneiro Siqueira, na região central da cidade.

Graduando em Educação Física, Caio dos Santos Ribeiro é um dos estagiários do Esporte Para Toda Vida em Tamarana. Ele contou que, além de ofertar treinos de futsal para crianças e de vôlei para adolescentes, ainda serão atendidas demandas específicas dos idosos. "Vamos trabalhar as capacidades que o pessoal da terceira idade perde ao longo da vida, como equilíbrio e força. Estamos bem empolgados e não vemos a hora de começar".

Os equipamentos necessários para as atividades foram repassados pela Secretaria do Esporte do Paraná, que também é responsável pelas bolsas pagas aos estagiários. Para o diretor de Esportes do município, Juninho Bittencourt, a parceria com o estado vem em momento oportuno.

"É um antigo desejo da diretoria que está se concretizando. Atingir a terceira idade e o público de até 13 anos é uma demanda que tínhamos desde o início da gestão", afirmou Bittencourt. Crianças do Projeto Educando, Brincando e Formando Cidadão também serão atendidas pela iniciativa.

Haverá práticas do Esporte Para Toda Vida em Tamarana durante quatro dias da semana, a começar por este sábado (1º).

O cronograma está organizado desta forma:

Segunda-feira – 7h30: terceira idade; 8h30: futsal sub-7; 9h30: futsal sub-10; 10h30: futsal sub-13.

Terça-feira  – 18h: vôlei misto de 13 a 17 anos.

Quinta-feira  – 18h: futsal sub-7.

Sábado  – 7h30: terceira idade; 8h30: futsal sub-7; 9h30: futsal sub-10; 10h30: futsal sub-13.

Para participar do projeto, basta apresentar um documento original para que a ficha cadastral seja preenchida. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis no momento do cadastro.

Lucas Marcondes Araújo/NCPMT

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios