Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Comissão Social, grupo de cobertura colaborativa e vlog têm envolvido universitários de diversas cursos.

Londrina sedia desde o começo de setembro a 8ª edição dos Jogos Inter Atléticas (JIA), onde 20 associações atléticas (16 na primeira divisão e 4 na segunda) competem pelo ouro. Os times vêm de diversas universidades públicas e privadas de Londrina, Apucarana, Cornélio Procópio e Jacarezinho. Ao todo, são cerca de 4 mil universitários que devem circular pelas praças esportivas durante os três finais de semana de competição.

Já tradição nos Jogos, o projeto de Assessoria de Comunicação e Cobertura Colaborativa reúne universitários de diversos cursos que buscam ter uma experiência com a comunicação, produção audiovisual e gerenciamento de redes sociais. O projeto surgiu em 2013, de uma iniciativa dos alunos do curso de Comunicação Social da UEL que buscavam um lugar para praticar o que vinham aprendendo na faculdade. A ideia sempre foi criar um ambiente onde estudantes pudessem ter experiências práticas em atividades de seu interesse: seja na produção de texto, fotografia, vídeo ou mídias sociais. Já na primeira edição, o projeto se mostrou um sucesso, produzindo mais de 5 mil fotos em dois finais de semana de competição. No blog, com atualizações em tempo real, contabilizavam mais de 70 mil visualizações em quatro dias de cobertura. “O ano passado foi meu primeiro ano no curso de Jornalismo, então todas as oportunidades que apareciam para ter uma experiência com a prática, eu achava legal. Como eu amo tirar fotos, me inscrevi para ser voluntária no JIA e amei”, conta Pietra Bilek, aluna da UEL. Ela explica que participaria no JIA mesmo que não estivesse no grupo de cobertura. “Além do clima incrível, também é uma oportunidade de experiência”, finaliza.

Outro projeto que tem chamado atenção nos jogos é a Comissão Social, grupo de universitários criado para conscientizar e coibir casos de assédio, racismo e LGBTfobia dentro do evento. A comissão tem as características de um fórum de discussão, angariando mulheres e homens de diversos cursos, sendo elas brancas ou pretas, heterossexuais ou LGBTs. A intenção é dar representatividade para ações de prevenção aos casos de assédio ou desrespeito, e eventualmente julgar as punir as ocorrências.  "Primeiro, no caso de assédio ou agressão verbal, a gente conversa e avisa; se acontecer de novo, é expulsão. Se for agressão física, é expulsão direto”, explica Laura Grosso, aluna do primeiro ano de Ciências Sociais na UEL e presidente da Comissão. O grupo conta com cerca de 20 voluntários identificados com bandanas cor-de-rosa, prontos para receber denúncias e dar o acolhimento necessário às vítimas.

Nas redes sociais, o Vlog do JIAé outro que têm feito sucesso entre os universitários. Apresentado por Alexandre França, jornalista e acadêmico do curso de Ciências Contábeis, o Vlog traz atualizações em tempo real dos campeões de cada modalidade, além de brincadeiras e provocações entre os times. Banana, como é conhecido, entrevista jogadores e torcida, sempre incentivando o clima de competição saudável entre as equipes.

VÍDEO:https://www.youtube.com/watch?v=6AiiICBPotA

Os JIA são organizados pela Liga das Atléticas de Londrina (LAL), organização estudantil que visa a promoção do esporte universitário. Idealizado por estudantes universitários de diversas instituições de Londrina, a primeira edição foi realizada em 2010. O projeto surgiu pela demanda por competições universitárias locais para contemplar as diversas associações de esporte universitário de Londrina. Tradicionalmente, tais associações não possuem vínculo institucional com as universidades, reafirmando assim sua autonomia financeira e de gestão e fazendo do JIA um evento de universitários para universitários.

O que são as atléticas? 

Associações Acadêmicas Atléticas (AAA) - ou simplesmente atléticas - são organizações estudantis para o desenvolvimento do esporte universitário. Fundadas e geridas pelos próprios estudantes, as atléticas têm por função social organizar jogos universitários, prover condições para o treino de atletas e organizar a bateria oficial da torcida.

Confira a programação 

Dias: 15, 16, 17, 23, 24, 30 e setembro e 1º de outubro.

Locais: Associação Cultural e Esportiva e Londrina (Acel), Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), Associação Suzuki de Judô, Aterro do Lago Igapó, Centro Universitário Filadélfia (Unifil), Estádio José Garbelini (Cambé), Estádio Vitorino Gonçalves Dias (VGD), Ginásio de Esportes Professor Darcy Cortez (Moringão), Ginásio do Lar Anália Franco, Ginásio Jardim Bandeirantes e Grêmio Uninorte. 

Modalidades: atletismo, tênis de mesa e de campo, xadrez, natação, judô, futsal, basquete, futebol de campo, handebol, vôlei de quadra e de areia.

Atléticas participantes:Divisão principal: Ascof (Comunicação, Educação e Artes – UEL),  7 Copas (Fisioterapia – UEL), Exatas (UEL), IX de Novembro (Engenharias e Arquitetura – Unifil), VII de Março (Direito – UEL), XV de Setembro (Administração, Economia, Ciências Contábeis e Secretariado - UEL), XXI de Agosto (Engenharias e Arquitetura – UEL), XXXI de Fevereiro (Direito – PUC), A.A.A.E. (Engenharia – PUC), XXXVI de Novembro (UTFPR-Londrina), XXI de Outubro (Ed. Física – UEL), A.A.A.F.G. (Medicina – UEL), I de Agosto (Medicina – PUC), 1º de Abril (Veterinária – UEL), XV de Março (UTFPR – Cornélio), XII de Março (UTFPR – Apucarana).

Renan Duarte/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios