Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A análise dos 198 projetos habilitados foi feita por 16 pareceristas contratados.

A Superintendência Geral do Esporte divulga a pontuação e classificação dos projetos após a conclusão da 2ª Etapa do Edital n.º 01/2019, de análise técnica e de mérito, do Programa Estadual de Fomento e Incentivo ao Esporte (Proesporte).

A análise dos 198 projetos habilitados foi feita por 16 pareceristas contratados por edital de chamamento (Nº 01/2020). Cada projeto foi analisado por cinco pareceristas, sendo que a sua pontuação final foi obtida pela média das três notas intermediárias, sendo descartadas a maior e a menor nota.

Foram classificados os projetos que atingiram o mínimo de 70 pontos, de um total de 100 possíveis, na soma dos critérios de análise técnica e de mérito. Os projetos classificados serão automaticamente encaminhados para apreciação, análise e homologação (3ª etapa) por parte da comissão do programa - a Cproesporte.

Os projetos que não atingiram o mínimo exigido (70 pontos ou mais), assim como os projetos que constam como desclassificados na atual lista, não passaram automaticamente para a próxima etapa do Edital n.º 01/2019. 

Veja a classificação no Diário Oficial

Prazo Recursal

Conforme estabelece o item 9.3 do Edital 01/2019 – Proesporte, cabe recurso nesta 2ª Etapa, no prazo de até três dias úteis (até o dia 12 de maio de 2020), contados a partir da publicação oficial do resultado da Análise Técnica e de Mérito.

O recurso deve ser interposto na própria plataforma digital utilizada pelo Proesporte, onde constam os pareceres técnicos que resultaram na pontuação/resultado obtido em cada projeto. Todos, independente da pontuação, têm direito a recurso.

"A manutenção do Proesporte, ainda mais em tempos difíceis que passamos, é um forte demonstrativo do quanto o Governo do Estado está empenhado em dar suporte aos inúmeros projetos que dependem desses recursos. Vamos passar por esse momento e sair mais fortes dele juntos", disse o superintendente do Esporte, Helio Wirbiski.

Sobre O Proesporte

O Proesporte foi instituído pela Lei nº 17.742/2013 e regulamentado pelo Decreto 8560, em 2017. Desde então o Governo do Estado publicou dois editais. O primeiro, em 2018, movimentou cerca de R$ 2 milhões; o segundo, em 2019, R$ 8 milhões.

Tais recursos são destinados para projetos de Formação Esportiva (aprendizagem e vivência), Excelência Esportiva (formação e aperfeiçoamento de atleta de rendimento) e Esporte Para a Vida Toda Readaptação (para toda a população, incluindo pessoas idosas).

As áreas seguem os parâmetros presentes na Política de Esportes do Paraná e os recursos são destinados levando-se em conta critérios e requisitos conforme as áreas, categorias, segmentos, abrangência e faixa orçamentária.

Do montante global de recursos atribuídos para cada edital, pelo menos 20% deverão ser destinados aos projetos que atendem as pessoas com deficiência.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.