Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Projeto que o professor Giancarlos Ramirez treina recebe patrocínio do Feipe da Prefeitura de Londrina

O técnico da equipe de handebol de Londrina, o professor Giancarlos Ramirez, estará nas Olimpíadas de Tóquio em 2021, que acontecerão de 23 de julho a 8 de agosto, no Japão. Ele foi reconhecido pela Confederação Brasileira de Handebol e integrará a comissão técnica masculina do esporte.

Agora, ele vai acompanhar a seleção brasileira masculina na fase de treinamento e preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, o que é uma conquista extremamente importante, segundo o presidente da Fundação de Esportes de Londrina (FEL), Marcelo Oguido. “Ramirez é um técnico muito bem conceituado e com vários resultados importantes. Sabemos que todo sonho dos atletas e dos técnicos é participar da seleção brasileira, ainda mais em uma vaga olímpica como treinador. Fico muito feliz em estar nesse momento com ele, enquanto gestor da FEL, dando suporte e apoio através do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (Feipe), que faz diferença para o esporte”, parabenizou Oguido.

Os jogos de handebol nas Olimpíadas de 2021 vão começar no dia 24 de julho, no estádio Yoyogi National Gymnasium. A seleção brasileira masculina conquistou a vaga, em março, durante o Pré-Olímpico de Podgorica, em Montenegro, onde ficou em segundo lugar. Os atletas vão enfrentar a Argentina, que é considerada sua principal rival na América do Sul, além de quatro seleções europeias com títulos na modalidade. A seleção campeã mundial é a Dinamarca. “Estou muito feliz e não esperava mais que essa oportunidade viesse, pois no auge da minha carreira não tive oportunidade. Fui surpreendido com o convite, realizando meu sonho e realmente estou muito feliz. Trabalhei muito para chegar até aqui. Sou grato a FEL e a todos os patrocinadores”, disse o treinador.

No momento, Ramirez está em Porto, acompanhando os atletas da seleção na fase de treinamento e preparação. No dia 2 de julho, o time deve competir contra a seleção de Portugal. Já no dia 7 de julho, a seleção brasileira seguirá para a Alemanha, onde vai participar de um torneio preparativo junto com os alemães e os egípcios. Esses jogos vão finalizar a fase preparatória. Assim, no dia 12 do mesmo mês, a seleção viajará para o Japão.

Ramirez atua como técnico desde 1986 e defende a equipe londrinense desde 1998, ou seja, há 23 anos. Antes disso, foi atleta de handebol e conquistou o ouro duas vezes na Liga Nacional de Handebol, ganhou o Campeonato Pan-Americano em 2009, foi pentacampeão da Copa do Brasil, no início dos anos 2000, e  bicampeão nacional em 2005 e 2008. Em outubro do ano passado, ele recebeu o convite da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), para compor a comissão técnica da Seleção Brasileira masculina. Em janeiro fez a sua primeira participação como integrante da Seleção no Campeonato Mundial de Handebol, em Cairo, no Egito.

“Tem uma pessoa, em especial, que me chamou para vir para Londrina em 1998. O dr. Eleazar, reitor da Unifil, que na época era Cesulon, me chamou para desenvolver um projeto. Esse foi outro convite surpreendente, porque tralhava em Iporã, que é uma cidade pequena e já estava desistindo, pois já era secretário de esporte e turismo e o handebol não ia além da categoria juvenil. Foi a partir desse desafio, que eu cresci muito e vim para Londrina”, lembrou Ramirez.

Em Londrina, o projeto do Instituto Internacional Hand Brazil, cujo treinador é Ramirez, vai receber R$ 290.000,00 de investimentos do Feipe para treinar a equipe masculina adulta de handebol, além dos R$ 91 mil para os treinos das equipes juvenis masculinas e R$ 50 mil para o feminino juvenil.

NCPML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios