Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ou melhor, quero lhe dizer, é preciso que lhe diga, mais do necessário que lhe fale desejo do que mais do entender, você compreenda. Não importa se será dito ou escrito, mas o que sei é que já deveria ter feito isso há mais tempo, e sinto agora que quanto mais o deixo passar, mais difícil está ficando e não sei explicar o motivo. De qualquer maneira, nada mais importante teria para dizer depois do que será dito, porque acredito que o que realmente vai importar será a sua compreensão de minhas palavras. Pode ter certeza, entretanto de que tenho me cobrado diariamente esta decisão, e sempre a achei de fácil tomada, mas de tão simples que era acabei por torná-la complicada, e agora está mexendo demais com minha natural concepção das coisas e do meu dia a dia.

Espero que esteja me entendendo e compreendendo, porque senão de nada terá valido eu ter resolvido hoje falar tudo que era e é preciso, e peço que não me interrompa para que a pequena coragem que hoje me assolou não se desvaneça da mesma maneira que veio esta decisão. Na mesma proporção em que estou lhe dizendo tudo isso agora, estou contando também para mim este fato inusitado que somente me ocorreu depois de sentir que se adiasse mais um pouco esta decisão, seria depois ainda mais difícil ou quase impossível lhe falar tudo que digo agora. O mais importante, entretanto, é que ao final possamos ter entendido o sentido real de tudo, que a situação em fomos colocados possa ter uma definição, e tenho certeza também de que sendo sua avaliação positiva ou negativa, ela será diretamente ligada a todas as reações que se teve até agora, e sinceramente espero que minhas palavras mais do que entendidas tenham sido compreendidas.

Não pense você que tenho motivos ou razões especiais para tudo que já lhe disse ou poderia ainda dizer, que alguma circunstância especial me tenha levado a demorar tanto a falar, mas de qualquer maneira acredito que por medo de magoar e ser magoado eu não nada tenha dito até gora. Talvez tenha sido a falta de confiança até mais em mim mesmo que me levou a esse raciocínio todo, a vontade de saber se alguma coisa diferente poderia ocorrer, ou em algum momento me ter dado o branco que caracteriza aqueles a quem a falta de decisão atrapalha em tudo. De qualquer maneira, espero que mais do que entendido tenha compreendido tudo o que quis lhe dizer, e assim eu possa sentir que finalmente eu tenha tido a coragem de dizer tudo que tinha vontade.

Desculpe se não lhe deixei falar, mas precisava dizer tudo sem parar, porque senão... Ficaria de novo sem dizer.

Antonio Jorge Rettenmaier, Escritor, Cronista e Palestrante, membro da AGEI, Associação Gaúcha dos Escritores Independentes. Esta coluna está em 70 jornais impressos e eletrônicos do Brasil e Exterior.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL