Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Fala Sério! 15/09/2016  07h26

Para ser feliz...

Basta uma receita simples. Sem complicações. Mas difícil de aplicar. Justamente por ser tão simples. E que nós, só sabemos complicar. A felicidade está e sempre esteve dentro de nós. E dali não sai. Muitas vezes, como não a alimentamos, também nos esquecemos de sua presença. Então pensamos em que ela não existe, ou não gosta de nós. Mas jamais imaginamos que para exigir dos outros, também precisamos, dar. Como somos egoístas, pensamos que não desculpar os erros dos outros, fará com que sejam menos felizes. Mas e será que nós seremos mais por isso? Porque na maioria das vezes pensamos somente na nossa, não percebemos de que ela depende da dos outros. Por sermos tão materialistas talvez. Egoístas ainda mais. E a falta de coragem de assumir, de dar, perdoar, amar, acarinhar quando os outros precisam. Porque nunca separamos a primeira da segunda emoção. Aliás, nem deixamos acontecer à segunda. Talvez porque traga a razão. De tudo! Ela seria sim. A receita. Simples. Por isto, jamais duvide de suas mãos ao tatear no escuro. Na ponta dos dedos estarão seus olhos, em toda extensão deles sua vida, e na palma de sua mão, sua alma. São elas que lavam seu rosto, alimentam seu corpo, cumprimentam até mesmo aos inimigos, e fazem sorrir ao entregarem um presente. Se olhar bem suas mãos, verá que são só sorrisos, embora às vezes as use para magoar. Ao suarem por medo, nervosismo, raiva, ou qualquer outro motivo, estão na realidade, chorando. E elas, querem só sorrir! Jamais feche as mãos! Deixe-as sempre abertas, para que possam lhe dar da vida a vida, e enviar feixes de luz!

Contatos com o autor, ajrs010@gmail.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios