Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Fala Sério! 27/03/2012  09h03

Pedras...

E mais pedras... Pedras... Pedradas... Avalanches... Tropeços... Fortuna. Vamos falar só de pedras? E porque não? E falar o quê?

Normalmente andamos pelas ruas, campos, jardins, bosques, estradas, rios, e sempre encontramos pedras. Quantas vezes já não cobiçamos levar alguma para nosso jardim ou transformá-la em peso de papel da nossa mesa de trabalho ou decoração de um móvel de nossa casa?

Elas estão por todos os lados. Os agricultores reclamam de sua presença por atrapalhar o plantio. Mas as vão usar para segurar a erosão do terreno.

Os construtores da dificuldade de perfurar o solo, mas as usam para fortalecer os alicerces.

E nós também costumamos dizer que algo ou alguém é uma pedra em nosso sapato, ou mesmo em nosso caminho. Procuramos até afastá-las mesmo que depois tentemos encontrá-las mais tarde.

Dizem alguns ditados interessantes sobre as pedras.

Não se jogam pedras em árvores que não dão frutos. Não se atiram pedras no telhado do vizinho quando o nosso é de vidro. As pedras rolam até que um dia se encontram. Pedras que muito rolam não criam limo. Tem também os doidos de jogar pedras.

O certo é que na maioria das vezes jogamos pedras para o alto sem pensar que na volta, podem cair em nossas cabeças. Jogamos tantas pedras em alguém que estas podem formar uma grande montanha e de repente, caírem em avalanche sobre nós. Basta só mais aquela, por menor que seja, que vá derrubar todas as outras.

Podemos estar à beira de um rio e não resistir de jogar uma pedra sobre suas águas para vê-la quicar saltitante e fazer nosso deleite de maestria.

Em nossos caminhos às vezes afastamos as pedras para que novamente não tropecemos nelas. Mas e se jogarmos de lado uma, sem sequer olhar o que ela continha e depois descobrir ser um diamante a ser lapidado? Ou afastarmos uma sem descobrir que debaixo dela estava uma bela pepita de ouro?

Então, cuidado com as pedras. Podem esconder seu tesouro, sua felicidade.

Já estão a disposição na loja virtual do www.perse.doneit.com.br digitar em buscar Antonio Jorge, os livros “Ele!”, “Ele Voltou!”, 87 “Conversas!” e “Parecem Mentiras!” em versões impressa e ebook PDF. Antonio Jorge Rettenmaier, Cronista, Escritor e Palestrante. Esta crônica está em mais de noventa jornais impressos e eletrônicos no Brasil e exterior.  Contatos, ajrs010@gmail.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL