Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Segundo o Éder Varela em sua Coluna idestaque.com. br no nosso parceiro “A Voz de Brusque”, de Brusque em Santa Catarina – Brasil, essa é uma das maiores mentiras do mundo, no que ele não deixa de ter razão, e embora não saiba qual o motivo de sua bronca vou aproveitar o gancho para usar a idéia para nossa coluna desta semana.

Infelizmente, queiramos ou não, sempre acabamos sendo vítimas totalmente passivas dos que gostam de nos aplicar engodos. Bonito dizer assim, não?

Ainda não encontrei quem insatisfeito com algum show, produto ou serviço, que reclamasse e por insatisfeito, tivesse seu dinheiro de volta.

O cantor pode desafinar, o ator errar o texto, e daí? Ele estava numa noite infeliz!

Se comprarmos um produto qualquer em promoção, nada de reclamação, porque nem troca por outro perfeito e muito menos devolução do nosso dinheiro.

Se for pelo conserto de um carro ou eletrodoméstico, as coisas são bem diferentes. O que está dando defeito agora, não é a mesma peça de antes. Aliás, quando você levou seu bem do conserto, ele já sai quase sempre prontinho para voltar logo, logo, mas com um defeitinho diferente. O anterior tinha garantia, mas esse defeito é outro!

Mas a situação se torna ainda mais complicada quando se fala de amor! E como fica hein? Não tem como voltar! Devolver cartas, presentes, como os namorados de antigamente até pode acontecer. Mas e os beijos, carinhos, carícias, prazeres, abraços, como buscar de volta? Se não tiver satisfação garantida, nada de volta. E o pior é que na separação, vai se perder ainda mais do que investiu na união ou na formação da parceria.

Dinheiro de volta no rompimento de uma sociedade então, é ruim hein? Acordo então, nem se fala, quase impossível!

Mas pensando bem, se esta frase não fosse mesmo tão mentirosa, imaginem se a pudéssemos aplicar também na política, mudando um pouco seus termos para, satisfação garantida ou seu voto de volta!

Só se fosse possível o voto mesmo, porque o dinheiro esqueça!

Só não vale fazer como alguns espertinhos que compram um livro, um cd, DVD, aproveitam e depois querem devolver porque não gostaram.

Imaginem isso no amor!

É ruim, hein?

Realmente, então temos que concordar que a frase é mesmo uma das mais mentirosas do mundo, porque mesmo sem a satisfação garantida, também não traz nada de volta!

Um abraço, até semana que vem!

Membro da AGEI, Associação Gaúcha dos Escritores Independentes.

Esta coluna está em setenta jornais impressos e eletrônicos do Brasil e Exterior.

ajrettenmaier@terra.com.br,fala-serio2009@hotmail.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios


Notice: Undefined variable: usuario_tk in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_footer.php on line 245
NULL