Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Sétimo simpósio Agroinovatec trouxe inovações para os produtores rurais em 2018

A Expo Japão, que ocorreu entre os dias 7 a 10 de junho, celebrando os 110 anos da Imigração Japonesa, contou com inúmeros momentos marcantes, entre eles, a Exposição Agrícola e o 7º Simpósio Agroinovatec, que apresentou palestras, debates sobre as novas tecnologias e apresentações diversas aos visitantes e aos produtores rurais.

O 7º Agroinovatec, coordenado por Tumoru Sera, foi de grande importância para a agricultura. Seu maior objetivo foi fazer com que os produtores lucrem mesmo a preços baixos, através de inovações tecnológicas, indústrias, prestadores de serviços, dentre outros. “Essas inovações foram disponibilizados gratuitamente e debatidos com diferentes componentes visando surgimento e divulgação de novas inovações. A atividade é o ano inteiro e o território livre e de divulgação é via ExpoJapão/ACEL”, explica o coordenador.

Segundo Tumoru Sera, o evento em 2018 foi produtivo e trouxe novidades para os visitantes. “O principal benefício foi oferecer alternativa de renda e emprego para a nova geração de agricultores e os sobreviventes do modelo agrícola atual mais conveniente para mega e giga fazendas consumidoras de terra, insumos e máquinas muito caras, mas utilizando mais mão de obra produtiva e qualificada”, completa.

Sobre o evento como um todo, ele valorizou a edição deste ano, que procurou a valorização da integração entre os povos. “A Expo Japão procura preservar os bons costumes para a comunidade nipo-brasileira e sentir orgulho, bem como ampliar a autoestima e o reconhecimento dos outros brasileiros, contribuindo para o desenvolvimento brasileiro.” Além disso, ele afirma que esse foi o melhor ano para o Agroinovatec e para a exposição em relação a público e conteúdo. “Apesar de ter enfrentado os anos difíceis, aprendemos a conviver com crises e até de climas adversos, graças a soma de forças de voluntários das entidades como IAPAR, Emater, Unopar, SENAR, Embrapa, Uel, cooperativas Integrada, estou muito agradecido a todos, especialmente da Unidade de Melhoramento de Café e setor de eventos ADT do IAPAR”.

(Agência de Comunicação Integrada (ACI) UNOPAR - Coordenadores: Profª Liberaci Pascuetto Perin / Prof. Guilherme Lima - Pauta: Bruno Henrique / Entrevista: Karla Santos / Redação: Julia Lima / Revisão: Gabriel Alves)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.