Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O aniversário de 110 anos do início da imigração japonesa no Brasil serão celebrados em sessão especial do Senado nesta segunda-feira (27) às 11h no Plenário. A data lembra a chegada aos portos brasileiros, em 1908, do Kasato Maru, primeiro navio a trazer japoneses para trabalhar nos cafezais paulistas. Mais de 700 japoneses chegaram ao país na época.

A sessão especial foi uma iniciativa do senador Hélio José (Pros-DF), que vê na realização da homenagem uma oportunidade de contribuição para o estreitamento das relações de amizade e cooperação entre os dois países. Os senadores Eduardo Braga (MDB-AM), Simone Tebet (MDB-MS), Maria do Carmo Alves (DEM-SE), José Pimentel (PT-CE) e Renan Calheiros (MDB-AL) também apoiaram a realização da sessão.

O evento contará com a presença de representantes da embaixada japonesa no Brasil, o ministro chefe do setor econômico no consulado, Osamu Yamanaka e o secretário Kazuu Wakaeda. A lista de convidados também inclui a presidente do Grupo Parlamentar Brasil-Japão, deputada Keiko Ota (PSB-SP); o presidente da federação das associações nipo-brasileiras do Centro-Oeste, Hermínio Hideo Suguino; a ministra Cecilia Kiku Ishitani, assessora do secretário-geral do Itamaraty; e o embaixador Eduardo Paes Saboia, chefe do gabinete do Ministro das Relações Exteriores.

Será exibida na solenidade parte da reportagem especial da Rádio Senado feita no centenário da imigração. A sessão também marcará a abertura de uma exposição de registros históricos da imigração japonesa promovida pelo Arquivo S, Biblioteca e Secretaria de Arquivo da Casa. Será exposto um quadro original da artista Tomie Ohtake, parte do acervo artístico do Senado. A exposição ocorrerá Espaço Cultural Ivandro Cunha Lima, no Senado Federal e estará aberta ao público entre os dias 27 e 31 de agosto.

Os 110 anos da imigração nipônica para o país foram lembrados também julho no Congresso. As cúpulas da Câmara dos Deputados e do Senado ficaram iluminadas de vermelho e branco em homenagem à data.

Relações bilaterais

O Brasil abriga atualmente a maior comunidade de descendentes de japonês no exterior: são cerca de 1,5 milhão de pessoas com a ascendência, de acordo com o Consulado Geral do Japão em São Paulo. Enquanto, o Japão possui a terceira maior comunidade brasileira fora do país, cerca de 185 mil pessoas, segundo Ministério da Justiça do Japão.

Para fomento das relações e parcerias entre os países, foi instalado no Congresso Nacional, em 2003, o Grupo Parlamentar Brasil-Japão e em 2015 a Frente Parlamentar Mista Brasil-Japão.

 (Agência Senado)

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.