Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Warning: Undefined variable $ad_format in /var/www/vhosts/jornaluniao.com.br/httpdocs/widget_pub_2021.php on line 15

Foi encerrado na segunda-feira (13) o prazo para apresentação de emendas à Medida Provisória (MP) 946/2020, que extingue o Fundo PIS-Pasep e transfere o seu patrimônio para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A MP permite saques de até R$ 1.045, por trabalhador, a partir de 15 de junho até 31 de dezembro de 2020.

O senador Flávio Arns (Rede-PR) foi um dos parlamentares que sugeriu modificações ao texto. Uma das emendas apresentadas sugere que pessoas consideradas do grupo de risco em relação à COVID-19 possam efetuar o saque integral do FGTS assim que a MP for convertida em lei.

Na emenda, Arns define como grupo de risco pessoas com idade superior a 60 (sessenta) anos, pessoas com deficiência, doenças raras, e outros considerados dentre o grupo de risco para infecção.  A medida se estende também aos trabalhadores que tenham dependentes nessas condições.

O senador argumenta que esse grupo de pessoas tem a necessidade de utilização dos recursos para a manutenção da vida. “De que servirá estes recursos na conta se o seu titular perder a vida, ou mesmo a de um dependente, quando poderia tê-los utilizado justamente para preservação de sua saúde ou subsistência”, afirmou Arns.

Outra alteração proposta pelo o senador é que os valores que não tenham sido sacados pelos trabalhadores até o dia 1º de junho de 2025 sejam de incorporados automaticamente ao FGTS. A redação original da MP prevê que os recursos não sacados serão considerados abandonados  e passarão à propriedade da União.

“É medida de justiça que o saldo remanescente seja revertido para as finalidades do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, pois é isto que consta expressamente inscrito no enunciado da Medida Provisória”, explicou.

Greicy Pessoa/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.