Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Biossegurança é o tema que vai reunir produtores e outros participantes da cadeia produtiva da avicultura no Seminário que será realizado na terça-feira, dia 4, no Recinto Milton Alcover, a partir das 14 horas. São esperados 400 participantes, entre avicultores, técnicos da área oficial e privada, integradores, pesquisadores, professores e lideranças do setor.

Um dos pontos altos do evento é a discussão da nova lei da integração do setor e a importância da Comissão de Acompanhamento Desenvolvimento e Conciliação da Integração (Cadec), instituída com a nova legislação, para os produtores e as empresas. O tema será abordado pela veterinária Ariana Weiss Sera, da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep).

Importante para a atividade, a biossegurança será tratada pela veterinária Lucimar Gonçalves de Souza Silva, fiscal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. “Os participantes vão debater os problemas mais frequentes na atividade, quais os cuidados com o produto até a indústria e o que é condenável numa carcaça ou lote”, explica Gayza Maria de Paula Iácono, técnica da Emater e organizadora do evento.

Outro objetivo do seminário é discutir tecnologias disponíveis para a qualidade, aumento da rentabilidade e sustentabilidade da avicultura. O evento é organizado pela Associação dos Avicultores do Norte do Paraná (Avinorte), Emater, Sindicato Rural de Londrina e em parceria com JBS, Granjeiro e Jaguafrangos. A promoção é da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab) e Sociedade Rural do Paraná.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios