Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Especialista dá dicas de como experimentar um Dia das Crianças offline

A infância, é um momento da vida repleto de descobertas e mudanças, é motivo para constantes estudos de especialistas, mas também que demanda atenção dos pais e responsáveis. No dia 12 de outubro o Brasil celebra o Dia das Crianças e nada melhor do que aproveitar esse momento para valorizar a principal atividade dessa fase: o brincar.

Por meio das brincadeiras, do lúdico, típicos da infância, são estabelecidas relações de vínculo na hora da brincadeira. “Esses momentos são importantes para desenvolver a criação, imaginação e o fortalecimento entre as relações de afeto e confiança entre os adultos e crianças”, explica a especialista em Educação do Marista Escolas Sociais, Viviane Aparecida da Silva.

Brincar é importante em todas as etapas da criança

O ato de brincar é responsável pelo desenvolvimento de habilidades em todas as etapas da vida da criança, seja estimulando a criação, o faz de conta e a percepção do mundo a sua volta. Assim como a aprendizagem, a cooperação, a flexibilidade, o trabalho em equipe, que são comuns nos jogos e atividades coletivas. “É importante não antecipar etapas, os adultos podem brincar juntos, se desconectando das tecnologias e se dedicando a explorar, imaginar e mediar as brincadeiras próprias do mundo da criança”, explica Viviane.

Para o Dia das Crianças, a especialista em Educação do Marista Escolas Sociais, Viviane da Silva, dá dicas de como valorizar os momentos de brincadeira e oferecer atividades para um dia offline.

Escolha a natureza

Os parques e praças são bons lugares para explorar a natureza, o espaço livre. Oferecem à criança uma gama de materiais, possibilidades de desafios, interação e invenção que a desafiam a criar, pensar e imaginar brincadeiras e brinquedos sem fim, inimagináveis.

Estimule a criatividade

Se a opção for ficar em casa uma boa dica é estimular a criatividade das crianças. Há várias alternativas que podem ser utilizadas, como um teatro de bonecos feitos de meia, uma pintura em família, dançar com aquela fantasia que foi utilizada no Carnaval, entre outras. Todas essas atividades proporcionam vínculos entre adultos e crianças.

Inclua toda a família

Deixe para trás a ideia de que brincar é só para as crianças e aproveite o momento. Um campeonato de jogos de tabuleiro em família ou de jogos esportivos com avós, tios, primos e irmãos podem ser uma boa pedida. “É uma oportunidade de estimular o prazer da brincadeira nos adultos também, fortalecendo as habilidades e a imaginação”, reforça Viviane.

Valorize a arte

Um passeio em uma peça de teatro infantil ou em uma biblioteca com contação de histórias também são boas ideias para o Dia das Crianças. “Usando a imaginação a criança vai explorando as possibilidades de criação e fortalecendo hábitos que podem potencializar a sua criatividade”, afirma.

Resgate brincadeiras antigas

Se você foi aquela criança cheia de energia e disposição, porque não mostrar brincadeiras da sua infância? Mostre como você brincava, quais as regras, com quem você brincava, aproveite o momento para apresentar uma nova brincadeira e ainda relembrar o passado.

Asimp/Marista Escolas Sociais

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios