Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Ceasa Paraná promove nesta sexta-feira (31) mais um processo de licitação para a sua unidade em Londrina. Desta vez a modalidade pregão presencial, tipo menor preço, será na contratação de empresas para serviços de pavimentação em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBQU), asfalto, assim como a recuperação de bloquetes no pátio da unidade. 

O valor da obra deve ficar em torno dos R$ 391 mil. A licitação acontecerá a partir das 9 horas, na sala de reuniões da Administração da Ceasa Londrina., na Avenida Brasília, 10.000, Gleba Ribeirão Lindóia. 

A Divisão de Engenharia e Manutenção (Diman) da Ceasa Paraná estima que sejam feitas a pavimentação de 7.312,80 metros quadrados de área, e outros 800 metros quadrados onde serão refeitos a base em bloquetes. “As obras a serem executadas estão nos locais indicados para o CBQU. Esses trabalhos deverão corrigir as depressões nos bloquetes. Iremos também retirar o material existente, e promover a reposição da base em areia grossa para o piso, e com brita graduada para o asfalto existente”, explica Marco Antônio Figueiredo, gerente da Diman da Ceasa. 

Estão ainda previstas a construção de um novo banheiro junto ao Mercado do Produtor da unidade. Serão instalados novos vasos sanitários e mictórios, e chuveiro. O projeto prevê também um espaço para portadores de deficiências. 

Os interessados em participar da licitação das obras na Ceasa de Londrina poderão obter o edital, assim como seus anexos, gratuitamente, no portal da Ceasa Paraná – www.ceasa.pr.gov.br, no ícone Licitações, Licitações Diversas Ceasa, ou ainda através do e-mail licitacaoceasa@ceasa.pr.gov.br. 

Dúvidas, esclarecimentos, ou mais informações sobre o processo, poderão também ser obtidas junto à Gerência de Mercado da Ceasa de Londrina, ou na Administração Central da Ceasa, pelo telefone (41) 3253-3232, setor de licitação, 

LOTES FORAM ARREMATADOS NO PREGÃO PRESENCIAL - Sobre a licitação de áreas na Ceasa de Londrina, promovida na última sexta-feira (24), a diretoria da empresa considerou positiva o arremate de 10 lotes, dos 28 colocados no leilão. “Estamos retomando uma série de ações de melhorias tanto física como estruturais da unidade, além de incentivarmos as boas práticas de comercialização de hortigranjeiros nos nossos cinco mercados atacadistas no Estado”, diz Natalino Avance de Souza, diretor-presidente da Ceasa Paraná. 

Ele explica também que uma nova licitação de áreas na unidade de Londrina deverá ocorrer no segundo semestre deste ano. “Os técnicos do Ministério Público do Paraná têm nos orientado e auxiliado nestes processos, quando estabelecemos prazos e regras para a ocupação destes espaços públicos na comercialização de hortigranjeiros, e comércios afins”, afirma Natalino Avance de Souza. 

O início de atividades das 10 novas empresas que ganharam a licitação vão ocorrer num prazo de 30 dias, assim que forem assinado o Termo de Permissão Remunerada de Uso (TPRU), que regulamenta as atividades internas nas Ceasas do Paraná.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios