Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Informações são fundamentais para o planejamento de políticas públicas e devem ser enviadas ao MDR por prestadores de serviços

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) já abriu a coleta de dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) para o componente ‘Água e Esgotos’, ano de referência 2019. Essa é a primeira etapa de construção dos diagnósticos anuais do SNIS, ferramenta fundamental de gestão para nortear as políticas públicas na área. O prazo final para envio é 25 de maio.

A coleta de dados do SNIS, coordenada pela Secretaria Nacional de Saneamento (SNS), é realizada todos os anos e tem alcançado um número relevante de municípios: a amostra atual, de 2018, reúne indicadores sobre o abastecimento de água em 5.146 cidades (92,4% do total) e sobre o saneamento básico em 4.050 municípios (72,7% do total).

O preenchimento dos dados é de responsabilidade do prestador dos serviços, seja ele a prefeitura municipal, autarquias, companhias estaduais, empresas privadas, entre outros. O MDR, no entanto, disponibiliza apoio técnico ao processo de preenchimento e de validação dos dados.

Alguns telefones estão disponíveis para resolver dúvidas: (61) 2108-1402/1405 (sistemas de abrangência local) e (61) 2108-1411/1231/1276 (alcance regional e microrregional). O contato com a Secretaria Nacional de Saneamento também pode ser feito por e-mail: snis.ae@mdr.gov.br

Diagnósticos anuais

A partir da consolidação das informações é possível calcular os indicadores de cada componente e elaborar as análises - ‘Água e Esgotos’, ‘Resíduos Sólidos Urbanos’ e de ‘Águas Pluviais Urbanas’. A publicação dos ‘Diagnósticos 2019’ está prevista para o final deste ano, em dezembro, no próprio site do SNIS (www.snis.gov.br). Os documentos e relatórios ficam disponíveis para download na página, que reúne também os dados da Série Histórica consolidados em um aplicativo para consulta.

De forma geral, estão disponíveis no sistema informações a respeito da população atendida com os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário; os dados financeiros relacionados à prestação dos serviços; as ligações, volumes, extensão de rede e consumo de energia elétrica nos sistemas de abastecimento e esgotamento; a qualidade dos serviços prestados e uma série de indicadores.

Na página do SNIS é possível consultar também os indicadores, os manuais e a metodologia usada na construção do ‘Diagnóstico Anual’.

Importância do envio das informações

A participação dos prestadores de serviços de ‘Água e Esgotos’ na coleta de dados é voluntária. Os programas de investimentos do MDR, porém, exigem o envio regular dos dados ao SNIS como critério de seleção, hierarquização e liberação de recursos financeiros para cada tipo de serviço prestado (água e/ou esgoto).

Quando o município não apresenta, fica inadimplente com o Sistema para o tipo de serviço. Para regularizar a situação, o prestador que atua na cidade deve preencher as informações na próxima coleta de dados.

Manuais de preenchimento e glossários:

·         Manuais para Prestadores Locais

·         Manuais para Prestadores Regionais e Micro

·         Glossário de Informações

·         Glossário de Indicadores

Ascom/Ministério do Desenvolvimento Regional

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.